-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-

Category archive

Cultura e Entretenimento - page 13

Disney cria novo programa para hóspedes com deficiência

em Cultura e Entretenimento/Geral/Mundo por

No dia 10 de outubro de 2013, a norte-americana Amanda Smith, de 19 anos, caiu no chão com parada respiratória, duas horas após entrar na Disneyland (EUA). De acordo com sua mãe Debbie, ela visita o parque regularmente e sofre de uma doença mitocondrial potencialmente fatal e que a deixou com graves atrasos de desenvolvimento, surdez e tendências autistas. Além disso, às vezes, sua respiração para e precisa do pronto-socorro.

Uma fatalidade? Talvez, mas o fato é que um dia antes do ocorrido com a jovem (09/10/2013), a Disney anunciou um novo programa para os seus hóspedes com deficiência, o Cartão de Assistência Acessibilidade, em resposta ao crescente problema de fraude vinculado ao cartão anterior. Este programa permite pessoas com deficiência o acesso especial para passeios e atrações. Para isso, áreas foram reservadas para crianças e adultos incapazes de esperar em longas filas, sendo que o hóspede é escoltado até a frente de cada linha. Tais privilégios possibilitaram que pessoas como Amanda possam também desfrutar do parque, de forma rápida e sem incidentes.

No entanto, algumas pessoas têm explorado este sistema. Alguns casos são de ex-funcionários da Disney, que foram pegos vendendo passagens para pessoas sem deficiência, e de guias de turismo, que adquirem esses cartões voltados às pessoas com deficiência e vendem esses “serviços” a uma tarifa exorbitante. Fatos que acabam privilegiando pessoas sem necessidades especiais, que em posse do documento, acabam passando na frente de atrações com grande fila de espera.

Para acabar com este golpe, a Disney tomou a seguinte medida: lançou um novo cartão de acesso deficiência que funciona como um FastPass tradicional. Em vez de esperar na linha regular, os clientes se inscrevem para um momento específico. Enquanto esta solução pode ser eficaz para alguns, ele não funciona para todos, incluindo aqueles com deficiências cognitivas, cuja espera pode provocar comportamentos indesejáveis, entre eles, colapsos e birras em casos mais graves, como, por exemplo, em pessoas autistas.

(c) 2013, Newsweek

1 11 12 13
Voltar p/ Capa