-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-

Category archive

Esporte - page 3

A antítese do trabalho de Corinthians e Palmeiras em 2015

em Coluna/Esporte por

allan

A antítese do trabalho de Corinthians e Palmeiras em 2015

O ano de Corinthians e Palmeiras parece rejeitar semelhanças, começando pelos aspectos financeiros, passando pelo desempenho técnico até chegar à gestão das contratações, caminhos opostos foram traçados.

Financeiramente o ano do Palmeiras teve um início promissor e a realidade foi ainda mais feliz com o clube alviverde. Uma nova parceria firmada e as promessas de que a Crefisa será uma nova Parmalat, segundo entrevista a empresa do ramo financeiro a empresa já comprometeu quase R$100 milhões este ano com o Palmeiras e a previsão que nos próximos anos o patrocínio será ainda maior.

Saindo da zona oeste e chegando à zona leste, as questões financeiras parecem ainda atrapalhar o time corintiano. As dividas com o estádio e os altos salários do elenco fez com que o clube atrasasse salários rotineiramente e não conseguisse renovar contrato de atletas como Guerrero.

Nas contratações outra diferença de filosofia adotada pelas gestões atuais. No lado alvinegro contratações pontuais e sem tanta badalação, nenhum jogador de peso chegou para substituir Fabio Santos, Emerson Sheik ou Guererro que se despediram no meio desta temporada. O rival corintiano, porém fez contratações a baciada, um elenco inteiro contratado e muitos milhões gastos. De jovens promessas até gringo veterano, de fato o Palmeiras não economizou em contratações neste ano.

Dentro de campo as coisas também não seguiram o mesmo caminho, enquanto Corinthians voava no começo do ano, o Palmeiras de Osvaldo de Oliveira buscava sua melhor forma de jogar. No principal momento do Palmeiras no primeiro semestre, o time de Tite foi eliminado nas duas competições que disputava, o Paulistão e Libertadores. No brasileirão o alvinegro mantém a liderança, enquanto o alviverde vive a sua gangorra na busca pela vaga no G4. Na Copa do Brasil? Palmeiras segue com chances de título e o Corinthians foi eliminado nas oitavas de final.

Não esta definido qual time vai acabar o ano por cima, o Corinthians com grandes chances de título deve ser o melhor entre o dois. Tite fez um ótimo trabalho no decorrer do ano e mesmo perdendo peças soube se virar e ajeitar o time. Já o Palmeiras pode superar o rival na temporada ao ganhar o titulo da Copa do Brasil e o rival não faturar o brasileirão.

No final das contas o Corinthians se destaca pelos bons anos de trabalho com uma boa base pois mesmo perdendo jogadores importantes o time conseguiu se manter no alto. O Palmeiras por outro lado sofre pelos anos de péssima administração no passado recente, mesmo contratando 25 jogadores algumas peças não encaixaram como o esperado. Porém uma coisa é certa para as torcidas dos dois times: Muita emoção nesta reta final.

__________________________________________________________________________________________________________
Allan Moran. Pós graduado em gestão e marketing em entidades esportivas. Complementou o mesmo curso na Universidad Europea de Madrid e é sócio da Trivela Sports. ©2014.

Ayrton Senna (in memoriam) é o novo integrante do time de embaixadores paralímpicos

em Esporte/News & Trends por
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Comitê Paralímpico Brasileiro apresentou nesta quarta-feira, 9, o tricampeão mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna (in memoriam) como o seu novo embaixador paralímpico. O anúncio foi feito durante a abertura da exposição de fotos sobre os 20 anos do CPB, no Quiosque da Globo, na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.

A cerimônia contou com a presença da representante do Instituto Ayrton Senna, Larissa Mrozowski, do presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC), Sir Philip Craven, do vice-presidente do CPB, o ex-atleta e campeão paralímpico de futebol de 5 (para cegos) Mizael Conrado, e do nadador Andre Brasil, dono de dez medalhas em Jogos Paralímpicos.
Além de Ayrton Senna, integram o time de embaixadores Fernanda Lima, Rodrigo Hilbert, Emerson Fittipaldi, Flávio Canto, Luiz Severiano Ribeiro, Romário e Ronaldinho Gaúcho. O programa foi lançado em julho deste ano e busca atrair atenção para o movimento paralímpico contando com a imagem dos embaixadores em eventos e em campanhas nas redes sociais.
Emocionado ao anunciar o novo parceiro, o vice-presidente do CPB, Mizael Conrado, ressaltou a importância da presença de Senna no grupo de embaixadores. “Os nossos valores são os mesmos. O Ayrton trouxe muito o que nós trazemos hoje para a sociedade brasileira, que é o orgulho do Brasil, orgulho dos feitos dos brasileiros”, disse. “Quem não se lembra das manhãs de domingo com o Ayrton nos enchendo de alegria?”, concluiu.
Representante do Instituto Ayrton Senna, Larissa Mrozowski ressaltou os valores do Movimento Paralímpico, que também sempre foram defendidos pelo herói do esporte brasileiro.
“Estou muito emocionada em representar o Instituto, que agora, de alguma forma, fará parte de algo tão lindo quanto o Movimento Paralímpico. Ambos compartilham valores semelhantes de determinação, superação e garra, que o Ayrton sempre acreditou”, ressaltou.
Exposição
A mostra das fotografias subaquáticas feitas por Jonne Roriz durante os Jogos Parapan-Americanos de Toronto ficará aberta ao público de 9 a 13 de setembro. A partir da tarde desta quarta-feira, os visitantes também terão a oportunidade de fazer experimentações de modalidades paralímpicas na área do Quiosque. Atletas brasileiros da bocha, atletismo, futebol de 5, futebol de 7 e vôlei sentado irão interagir com o público do evento (confira abaixo o calendário das experimentações).
Local: Quiosque da Globo, Praia de Copacabana – Posto 5 (altura da Rua Miguel Lemos), Rio de Janeiro (RJ)

Contra a maré, Gabriel e Lucas Lima escolhem fazer mais historia no Brasil

em Coluna/Esporte por

allan

Contra a maré, Gabriel e Lucas Lima escolhem fazer mais historia no Brasil

Qual atleta não sonha em jogar na Europa? Qual time não sonha em vender seus atletas e arrecadar milhões? Uma proposta de um time europeu pagando milhões de reais por jovens jogadores brasileiros é a formula mágica que não falha de jeito nenhum, certo? E se adicionarmos uma crise financeira neste time? Bingo, não tem como não recusar.

Porém com o Santos Futebol Clube as coisas saíram totalmente do roteiro. Jogadores jovens estavam se destacando, uma proposta milionária da Europa chegou e ao contrario do que podemos pensar, ela foi rejeitada. Qualquer proposta recebida por Gabriel ou Lucas Lima traria um alivio as finanças do clube, mas foi desta vez que vimos jogadores se importando com a carreira profissional e não só com o extrato bancário.

Gabriel alegou que ainda precisa conquistar mais coisas pelo Santos ao rejeitar uma proposta de R$80 milhões. Lucas Lima que começou a ter espaço na seleção, não quis correr o risco de mudar de país e ser esquecido por Dunga. Escolheu se manter em destaque onde já esta adaptado.
Lembram do Everton Ribeiro? Destaque nos últimos dois campeonatos brasileiro já não é tão comentado nas mídias brasileiras e sua vaga na seleção começa a correr risco. Daqui alguns anos vamos saber se a escolha dele pelos milhões árabes atrapalhou uma carreira duradoura na seleção brasileira.

Lucas Lima e Gabriel devem servir de exemplo para os jogadores das categorias de base dos clubes brasileiro. Onde muitos só pensam no dinheiro a dupla santista mostrou que no futebol não é só os milhões na conta bancaria que importa, e olha que há tempos que o dólar nunca valeu tanto quanto hoje.

O combalido futebol brasileiro agradece. Obrigado Gabriel. Obrigado Lucas Lima.

__________________________________________________________________________________________________________
Allan Moran. Pós graduado em gestão e marketing em entidades esportivas. Complementou o mesmo curso na Universidad Europea de Madrid e é sócio da Trivela Sports. ©2014.

O “Cake Boss” Buddy Valastro leva a família para assistir clássico no Allianz Parque

em Esporte/The São Paulo Times por

A chegada de Buddy Valastro em São Paulo para a gravação de um reality show já não é mais novidade, tão pouco que o mundialmente conhecido Cake Boss está à procura de um local para abrir, ainda este ano, uma de suas famosas docerias. Fotos por Francisco Cepeda – AGNews.

Com tudo, com a chegada de sua família, as aparições em público e os passeios estão mais frequentes. No ultimo domingo, a escolha foi assistir a um jogo de futebol com o time mais italiano do Brasil, e o local não poderia ser melhor, a casa do Palmeiras, o Allianz Parque. 

O anfitrião, Dr. Walter Torre, fez questão de estar ao lado do convidado ilustre e posou para fotos, após o diretor, Rogério Dezembro, presentear Buddy Valastro e família com camisetas oficiais do Palmeiras, que logo foram vestidas por toda a família.

Totalmente reformado e considerado o melhor estádio do mundo em 2014 pelo Stadium Data Base, o Allianz Parque, mais precisamente o Camarote da WTorre, recebeu a família Valastro e sua comitiva, que ainda incluía executivos da Endemol, produtora responsável pela versão brasileira do reality show Batalha dos Confeiteiros. Eliani Sobral, executiva de Comunicação da WTorre, fez questão de acompanhar a comitiva desde a chegada até o término do jogo.

Buddy posou para fotos com a diretora da Assessoria Lúcia Furlan, com os demais convidados do camarote, comemorou o gol e se deliciou com um cardápio totalmente elaborado para que a família conhecesse um pouco da culinária brasileira, inclusive com doces como brigadeiro de colher, que foi servido em pequenos copinhos.

A família Valastro ficará no Brasil até o mês de agosto e Buddy se divide entre gravações e atenção aos filhos e esposa. Lisa, por sua vez, mesmo com todo o aparato de assistentes e baba, não deixa os filhos por um momento. Foi vista com o pequeno Carlo no colo durante todo o tempo, mostrando, ao vivo, que é a mãe dedicada que os telespectadores assistem pela TV.

Buddy durante todo o tempo que esteve no Allianz Park se dividiu entre a familia, ao jogo e aos convidados que pediam para tirar fotos. Sempre simpático e sorridente, atendeu a todos.

Corinthians, Vasco e Santos têm as camisas mais baratas do Campeonato Brasileiro

em Esporte/The São Paulo Times por
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Um levantamento realizado pelo CupoNation, portal referência em cupons de desconto e ofertas online, criou uma nova tabela para o Campeonato Brasileiro da série A de 2015. O ranking aponta o preço mínimo que o consumidor encontra no e-commerce ao comprar a camisa atual do seu time de coração.

Com o mesmo modelo que utilizava em 2014, o Corinthians é o clube que tem a camisa mais barata encontrada entre os 20 times da série A, por R$ 149,90. Logo atrás vem o Vasco, que também manteve o mesmo modelo de 2014, com um preço mínimo de R$ 159,90. O Santos ocupa a terceira posição com R$ 175,91 na sua camisa atual, fornecida pela Nike.

Na lanterna da tabela está o Atlético Mineiro com a camisa mais cara de 2015. A versão lançada em parceria com a Puma sai pelo preço mínimo de R$ 239,90, ocupando sozinha a última colocação.

Para Maria Fernanda Antunes Junqueira, cofundadora e CEO do CupoNation, apesar do preço alto das camisas existe uma forma de economizar. “O torcedor pode economizar utilizando gratuitamente cupons de desconto no seu e-commerce preferido. O CupoNation tem atualmente mais de 200 cupons e ofertas de produtos esportivos para esses e outros itens de todos os clubes brasileiros”, explica a executiva.

Das 20 equipes que jogam a série A brasileira em sete delas o torcedor deve gastar no mínimo R$ 229,90 para comprar a camisa atual do seu time. Já entre as fornecedoras de material esportivo, a Adidas e a Umbro são as que possuem mais parcerias com os clubes, sendo cinco para cada uma. A Nike segue logo atrás, fornecendo material esportivo para quatro clubes da série A do Campeonato Brasileiro.

A Copa América chegou: aprenda a se proteger dos “truques sujos” dos cibercriminosos

em Esporte/Tecnologia e Ciência por
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Copa América está apenas começando, e é um dos maiores eventos esportivos da América Latina. Neste ano, o Chile é o país anfitrião, e ele tem todos os preparativos na ordem do dia. Mas há algo que se deve ter em mente: os truques sujos dos cibercriminosos.

De acordo com a experiência da Kaspersky Lab na análise de campanhas maliciosas na Internet, esses eventos atraem a atenção não só dos fãs de futebol, mas também de diferentes tipos de criminosos cibernéticos. Apesar de até agora não terem sido descobertas campanhas maliciosas relacionadas com o evento esportivo, os especialistas recomendam que devemos estar atentos e cautelosos.

“Os fraudadores utilizam estratégias sofisticadas que incorporam o uso de malware assinado digitalmente, o uso de bancos de dados roubados, ataques de phishing personalizados e domínios falsos com certificados SSL. Todos esses ataques têm o mesmo objetivo: infectar os dispositivos de suas vítimas e roubar seu dinheiro”, diz Roberto Martinez, analista de segurança da Kaspersky Lab.

Para enganar suas vítimas, muitos sites de phishing têm um design profissional que torna difícil sua identificação, aparentando ser lugares seguros. Além disso, a URL desses sites pode começar com “https”, onde o “s” significa “seguro”, uma vez que os cibercriminosos conseguem comprar certificados SSL válidos das autoridades de certificação. Os domínios de phishing, às vezes, também têm versões móveis que parecem autênticas e que são destinadas a usuários com smartphones e tablets.

Além disso, de acordo com Martinez, os cibercriminosos utilizam certificados legítimos para infectar os computadores dos usuários com malware assinado digitalmente. “Em um esquema fraudulento que vimos durante a Copa do Mundo do Brasil no ano passado, os usuários receberam uma mensagem dizendo que haviam ganhado uma entrada para um jogo da Copa. Quando o usuário clicava no link para imprimir a entrada, ele recebia um Trojan bancário assinado digitalmente”, explica o especialista.

Para os estrangeiros e chilenos que viajam para este evento, outras ameaças incluem o uso de redes Wi-Fi públicas, carregadores de baterias públicos maliciosos que podem roubar informações do seu dispositivo através de uma conexão USB, e a clonagem de seu cartão de crédito.

Além disso, para aqueles que querem desfrutar da emoção dos jogos em casa, ofertas fraudulentas de transmissão ao vivo na Internet ameaçam roubar senhas financeiras e seu dinheiro.

Kaspersky Lab oferece uma série de recomendações para que o usuário se mantenha seguro contra golpes e ameaças durante a Copa América:

1. Certifique-se sempre de que o site é legítimo antes de introduzir qualquer senha ou informações confidenciais. Os sites de phishing são deliberadamente projetados para parecerem autênticos.

2. Embora os sites com o prefixo “https” sejam mais seguros do que aqueles com apenas o ‘http’, isso não significa que você possa confiar plenamente neles. Os cibercriminosos estão tendo sucesso em usar certificados SSL legítimos.

3. Não se deixe enganar por promoções enviadas por e-mail, porque elas geralmente são falsas. É melhor ir diretamente ao site oficial das empresas que as promovem, e verificar se elas estão lá. Especificamente, não clique em links de e-mails provenientes de fontes de que você não está absolutamente seguro, e não faça o download ou abra anexos recebidos de qualquer fonte que não seja a sua confiança.

4. Certifique-se de que em todos seus dispositivos com acesso à Internet, você tenha proteção antimalware instalada e atualizada que identifique a lista negra de sites de phishing e que proteja suas transações financeiras.

5. Sempre acesse qualquer rede Wi-Fi através de uma conexão VPN. Se você não tiver uma, é aconselhável que a obtenha e que a instale em todos os seus dispositivos – smartphones, tablets, laptops etc.

6. Nunca use carregadores desconhecidos; é melhor procurar uma fonte confiável para recarregar seus dispositivos. Utilize a bateria de forma responsável e tentar levar uma de reserva, de forma que você posa usá-la no caso da bateria principal se esgotar.

Trio MSN vale mais que time titular da Juventus, os onze titulares do Barça valem o dobro do time italiano

em Coluna/Esporte por

allan

Trio MSN vale mais que time titular da Juventus, os onze titulares do Barça valem o dobro do time italiano

Neste sábado a cidade de Berlim recebe o jogo mais importante do ano, a tão esperada final da Champions League. Depois de dois anos com duelos caseiros, Bayer contra Borussia em 2013 e Real contra o Atlético de Madrid em 2014, chegou a vez de um Espanha e Itália com Barcelona e Juventus brigando pela orelhuda.

Segundo o site transfermarkt, os onze jogadores que devem iniciar o confronto pelo Barcelona valem no total € 460 milhões, tendo no seu ataque os elementos mais valiosos do elenco. O trio MSN vale junto € 44 milhões a mais que todo o time titular da velha senhora, que no total valem € 216 milhões.

Messi é o atleta mais valioso do confronto segundo o site, € 120 milhões, Neymar e Suarez completam a lista dos três mais valiosos, com € 80 milhões para o brasileiro e € 60 milhões para o uruguaio. Na Juventus o atleta mais valioso é o Francês Pogba, avaliado em € 50 milhões e desejado pelo rival de sábado. Vidal com € 42 milhões e Marchisio com € 27 milhões são os outros atletas mais bem avaliados financeiramente pelo site.

Entre os menos valorizados a Juventus lidera, devido a idade Buffon, Evra e Pirlo não ultrapassam os € 2.5 milhões na avaliação do site, porém Buffon e Pirlo chegaram ao mais alto nível do futebol e jogariam na esmagadora maioria dos clubes do mundo, dois gênios da bola. No Barcelona o menos valorizado é o lateral brasileiro Daniel Alves, com valor de mercado estipulado em apenas € 10 milhões, na parte de baixo da valorização ainda estão Mascherano e o goleiro Ter Stegen com o valor individual de € 15 milhões.

No primeiro esquema tático é possível analisar o valor de mercado de cada atleta que deve iniciar a partida pelo time do Barcelona. No famoso esquema 4-3-3 o time deverá ser escalado com Ter Stegen(1), Daniel Alves(22), Pique(3), Mascherano(14) e Alba(18); Busquets(5), Iniesta(8) e Rakitic(4); Messi(10), Suarez(9) e Neymar(11).

Barça

Na segunda prancheta os alvinegros da Juventus, atuando no 4-4-2 losango. Os onze iniciais começam por um dos maiores goleiros da historia do futebol Buffon(1), na zaga Lichtsteiner(26), Bonucci(19), Chiellini(3) e Evra(33), o forte meio campo conta com Pirlo(21), Marchisio(8), Pogba(6) e Vidal(23), no ataque o espanhol Morata(9) e o craque Argentino Tevez(10).

Juventus

Será que no sábado os milhões do trio MSN fará a diferença ou ficará a cargo do coletivo italiano faturar está champions? É escolher o melhor lugar e assistir esse jogão que sem dúvidas será cheio de emoção e qualidade técnica em campo. O bom futebol agradece.

__________________________________________________________________________________________________________
Allan Moran. Pós graduado em gestão e marketing em entidades esportivas. Complementou o mesmo curso na Universidad Europea de Madrid e é sócio da Trivela Sports. ©2014.

Tempestade perfeita na Fifa?

em Brasil/Esporte/Mundo/News & Trends por
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A prisão de dirigentes “de peso” da Fifa, nesta manhã, mostra que a complexidade do atual sistema capitalista. Se ao mesmo tempo, chegamos a isso tudo por causa da forma altamente mercantilizada com que os cartolas tratam o futebol, esse mesmo sistema não está mais tolerando os modelos “tradicionais” de gestão dos clubes e entidades esportivas: sem transparência, patrimonalista e exuberantemente permeável a múltiplas formas de corrupção.

Apesar de ser o início de uma investigação e ainda sem certeza de culpas e de eventuais punições, a notícia do dia é um fato que dá esperança. Sim, é algo que pode ser visto como positivo, pois mexe com a estrutura atual do futebol mundial e mostra que a modelo precisa de mudanças urgentes.

A diferença do fato atual em relação aos sucessivos escândalos que já vinham sendo feitos ao Sistema Fifa e parceiros é que, desta vez, as denúncias levaram a um processo nos EUA com a aplicação das atuais e bem rigorosas leis anticorrupção de lá. Isso realmente é um fato novo e pode gerar desdobramentos surpreendentes nos próximos dias.

É importante lembrar a pressão sobre a Fifa vem num crescendo há bastante tempo. A entidade saiu do Brasil com a imagem extremamente arranhada, pois a gestão da Copa de 2014 só foi benéfica para ela. O Brasil ficou com a conta para pagar. Os protestos não perdoaram a entidade.

Em nível internacional, a péssima imagem acentuou-se com a definição de Rússia e Catar para as Copas de 2018 e 2022. Há inúmeras suspeitas de irregularidades nessas escolhas. Pode ser que isso entre novamente no foco das discussões.

Sobre o Catar, ainda, a Fifa vem sofrendo grande pressão dos seus parceiros e patrocinadores por causa das denúncias envolvendo trabalho escravo e mortes no processo de preparação das arenas. Visa, Coca-Cola e Adidas estão seriamente preocupadas e já vinham pressionando a entidade. As marcas sabem que, no mundo de hoje, há corresponsabilidade e que os escândalos “colam” nas marcas-parceiras também.

O cenário de “tempestade perfeita” é completado com o fato de que, em alguns dias, haverá eleições na Fifa. Ainda que os dirigentes neguem, tudo o que está acontecendo levaram o modelo da entidade máxima do futebol “ao chão”. A ver como e se a entidade conseguirá sair desse escândalo. Acho que dificilmente isso acontecerá sem perdas, ao menos do ponto de vista, da imagem pública.

Por Anderson Gurgel, professor de Comunicação Esportiva da Universidade Presbiteriana Mackenzie e autor do livro “Futebol S/A – A Economia em Campo (Ed. Saraiva, 2006). 

O que aguarda os dirigentes da Fifa detidos na Suíça?

em Brasil/Esporte/The São Paulo Times por
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A operação, hoje (27), desencadeada na Suíça, pelas autoridades locais em cooperação e a pedido das autoridades americanas, têm por objetivo a investigação de crimes como corrupção, extorsão e lavagem de dinheiro, entre outros.

Segundo o professor de direito penal Flávio de Leão Bastos, da Universidade Presbiteriana Mackenzie, no caso dos brasileiros envolvidos, caberá a apuração de sua autoria e da materialidade da prática de tais delitos, o que deverá levar alguns meses, até que se formalize perante a justiça americana alguma denúncia pelas autoridades locais.
Do ponto de vista operacional, quanto aos brasileiros, como já se encontram em poder das autoridades americanas, não há que se falar em extradição, pois é um instituto disciplinado por convenções internacionais, afirma o professor.
“Somente se os brasileiros detidos estivessem em território brasileiro, as autoridades americanas ou suíças poderiam solicitar que fossem extraditados, já que o Brasil possui tratado de extradição tanto com ambos os países. Contudo, por força de nossa Constituição, em seu artigo 5°, inciso LI (51), brasileiros natos não podem ser extraditados. Já os naturalizados, podem”, analisa.
A investigação deve prosseguir até julgamento dos indiciados, perante autoridades judiciais americanas, que investigam as práticas criminosas em território americano ou com repercussões nos Estados Unidos. Para o professor, pode-se admitir o processo de extradição dos brasileiros, da Suíça para os EUA.

Prática do tênis é considerada benéfica para o desenvolvimento infantil

em Esporte/Saúde & Bem-estar por
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O interesse sobre o tênis cresceu consideravelmente no Brasil de uns anos para cá. O número de praticantes em busca de mais disposição, entretenimento e qualidade de vida aumentou. Além de promover muita diversão, o tênis pode ser benéfico à saúde e ao desenvolvimento, principalmente na infância, importante fase na formação do indivíduo. A APROTENIS, Associação dos Professores de Tênis de São José dos Campos, lançou recentemente o Projeto Educacional Tênis Para Todos, que dará, durante todo o ano de 2015, aos alunos do Ensino Fundamental de Escolas Estaduais da região, acesso à aulas de tênis com professores e equipamentos profissionais.

Pesquisas recentes apontam oportunidades proporcionadas às crianças pelo esporte, relacionadas ao desenvolvimento cognitivo e afetivo como, por exemplo, habilidades matemáticas e geométricas (uma vez que a contagem do tênis é complicada e exige substituições de símbolos por números, assim como são usados termos geométricos como paralela, cruzada, angulada, etc); o desenvolvimento da comunicação, socialização e desenvolvimento emocional, dentre outras. “Além disso, é possível trabalhar nos alunos a responsabilidade em marcar seus próprios pontos, assim como a impossibilidade de receber instruções ou mesmo de ser substituído no decorrer de uma partida, o que promove e estabelece nas crianças um grande sendo desportivo e de responsabilidade”, afirma Marcelo Sandoval, coordenador técnico da APROTENIS – Associação dos Professores de Tênis de São José dos Campos.

Para André Torres, membro da APROTENIS, e um dos professores do Projeto Tênis Para Todos, os benefícios vão além. “O tênis ainda colabora bastante para o desenvolvimento físico das crianças, com a melhora da condição aeróbica, coordenação motora, força, velocidade, antecipação e equilíbrio dinâmico, além de promover o fortalecimento ósseo”. Segundo ele, é importante observar ainda estudos que comprovam que o tênis também promove desenvolvimento contínuo do cérebro, pois, requer alerta constante e pensamento tático, que pode gerar novas conexões neuronais. “Na prática, os fundamentos do tênis ensinam as crianças a aceitar responsabilidades, aprender a resolver problemas, administrar erros, lidar com adversidade e ainda a planejar estratégias”, finaliza.

O Projeto Tênis Para Todos tem como objetivo principal oferecer aos alunos das escolas estaduais a oportunidade de prática deste esporte de forma ampla e qualificada. Os alunos da E.E. João Ferreira, localizada no Jardim das Cerejeiras, em São José dos Campos, já estão sendo contemplados. As aulas acontecem às segundas, terças e sextas-feiras, em horários alternados, de acordo com a grade educacional das crianças.

Ao longo de todo ano serão atendidos cerca de 4.320 alunos, de faixa etária de 6 a 14 anos. Ao término do projeto, os 10 alunos que mais se destacarem nas atividades receberão bolsas para comporem a equipe pré-competitiva ou competitiva da Associação.

Cristiano Ronaldo pisou na bola e desrespeitou o torcedor do Real Madrid com sua festa pós goleada

em Coluna/Esporte por

allan

Cristiano Ronaldo pisou na bola e desrespeitou o torcedor do Real Madrid com sua festa pós goleada

Quando sai a tabela de um campeonato, a primeira coisa que um torcedor fanático olha é com qual adversário seu time de coração vai estrear. Depois disso a busca e pelas datas que seu time enfrentará os rivais. Daí em diante a expectativa gira em torno da chegada dos clássicos.

Nesta temporada o Real Madrid não deu muita sorte contra o seu maior rival da cidade, em seis partidas nenhuma vitória e quatro revés. Muito para o maior clube do mundo em faturamento e atual campeão da champions league. Muito para quem fatura 4 vezes mais que o seu rival.

Por infeliz coincidência, Cristiano Ronaldo fez aniversário na mesma semana que rolou o clássico de Madrid pelo returno do campeonato espanhol. Com antecedência o Português programou uma grande festa para depois do jogo, mas o clássico não saiu como esperado, 4 a 0 para o primo pobre de Madrid.

Cristiano manteve a festa mesmo depois da goleada, ele é um craque, divide com o Messi o status de melhor do mundo na atualidade, porém para o torcedor o clássico não termina quando o juiz apita. A volta para casa depois de uma derrota dessa fica difícil, mais longa e mais chata, ou melhor insuportável. O torcedor quer chegar em casa e dormir, de preferência até o próximo jogo, quando todo mundo já parou de falar da derrota. Não quer saber de colegas de escritório, mídias sociais e outras coisas que relembram o revés, quer ficar longe e incomunicável.

Por isso valia maior precaução do gajo. Ninguém esta acima do clube, ninguém sofre como o torcedor, é difícil aceitar uma derrota como essa, principalmente entre o maior do mundo e seu rival que pouco tempo atrás não incomodava em nada, fica ainda pior quando poucas horas depois todos os derrotados estão festejando. Até por isso presenciamos algo jamais visto no centro de treinamento dos brancos, um protesto com faixa pedindo respeito.

__________________________________________________________________________________________________________
Allan Moran. Pós graduado em gestão e marketing em entidades esportivas. Complementou o mesmo curso na Universidad Europea de Madrid e é sócio da Trivela Sports. ©2014.

Intermediários, empréstimos, Alexandre Pato e guerra política. São Paulo FC com cara de Palmeiras

em Coluna/Esporte por

allan

Intermediários, empréstimos, Alexandre Pato e guerra política. São Paulo FC com cara de Palmeiras

Em entrevista ao programa estádio 97, um diretor da alta cúpula do São Paulo, confirmou que o clube conta com investidores sócios do clube para contratar reforços para o elenco tricolor.

Sombra, representante são Paulino no programa, colocou o dirigente em algumas saias justas querendo saber as regras do negócio, depois de algumas escorregadas o dirigente mostrou confiança que todos esses empréstimos com os associados/investidores serão devidamente quitados. Negócios que geram desconfiança ao torcedor do São Paulo acostumado a ter uma das melhores gestão do futebol brasileiro dos últimos anos.

Hoje em dia a história não é essa e o São Paulo está pegando hábitos do seu rival de centro de treinamento. Aidar sofre pressão dentro e fora do conselho, na semana passada Abílio Diniz criticou o atual mandatário em uma carta deixando em aberto até um possível pedido de renúncia.

O clube que tinha a melhor imagem na década passada ainda não tem patrocínio master, algo impossível de acontecer anos atrás. Todos queriam associar a marca ao clube do Morumbi, fosse na camisa ou nos espaços dentro do estádio.

Outro problema para o São Paulo e o multi campeão Muricy Ramalho é a terceira opção do ataque, com um dos maiores salários do elenco, Alexandre Pato passou de solução a problema em um ano. Os rivais São Paulo e Corinthians dividem o salário do atleta, na esperança que o clube do Morumbi mudasse a imagem do jogador no futebol, e assim a dupla conseguisse ganhar alguns milhões com o desinteressado jogador.

A maioria dos problemas não são por falta de competência no futebol profissional, Muricy Ramalho e Gustavo Oliveira formam uma dupla de profissionais de excelente qualidade. O problema mesmo parece ser entre os cardeais do Morumbi. O exemplo não está muito longe, e se continuar deste jeito quem mais sofrerá é o torcedor tricolor assim como o torcedor palmeirense sofreu durante anos com a guerra política.

__________________________________________________________________________________________________________
Allan Moran. Pós graduado em gestão e marketing em entidades esportivas. Complementou o mesmo curso na Universidad Europea de Madrid e é sócio da Trivela Sports. ©2014.

Voltar p/ Capa