Déficit de Natureza tem se mostrado grave problema em cidades

em Brasil/News & Trends por

Imóveis próximos à zonas verdes surgem como opção para driblar tal situação

Não precisa analisar muito para perceber que cada vez mais as áreas verdes estão reduzindo, principalmente em grandes metrópoles como São Paulo. Segundo os últimos dados divulgados pela Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis, em 2016 haviam 5,7 milhões de metros quadrados de áreas verdes em São Paulo, o que representa uma diminuição de cerca de 327 mil metros quadrados desde 2008.

Os malefícios provenientes dessa redução são inúmeros, aumento da proliferação de mosquitos, aumento da temperatura, pior qualidade do ar e também pode causar o chamado “Déficit de Natureza”, que provoca danos físicos e mentais em crianças, que se estendem desde a obesidade infantil até déficit de atenção e depressão.

Pensando em tal cenário algumas construtoras voltaram seus projetos para buscar soluções para o problema, uma delas é a Braido Ceceli, com o seu projeto do condomínio Central Park, que fica localizado ao lado do parque central de Santo André, no ABC paulista.

Segundo a arquiteta Alessandra Ceceli, sócia da incorporadora, o projeto do Central Park nasceu da ideia de construir melhores condições de vida às pessoas. “Vários estudos comprovam que morar próximo a parques ou áreas verdes estimulam as pessoas a uma vida com hábitos mais saudáveis, diminui o risco de doenças crônicas e até aumenta a expectativa de vida se comparado com bairros mais cinzentos”, destaca.

Além disso, Alessandra também afirma que esse tipo de preocupação é algo que está presente no DNA da empresa. “O conceito de morar bem, está sempre muito presente nos nossos empreendimentos. Pensamos que a pessoa precisa muito mais do que um lugar para morar, precisa sentir-se bem aonde vive, com qualidade de vida”, finaliza.

loading...

Comentários no Facebook