Dia do Veganismo agora é lei no Estado de São Paulo

em Brasil/Mundo/News & Trends/São Paulo por

Este é o primeiro ano em que comemora-se o Dia do Veganismo, aprovado pelo governador João Dória, que tem como base o projeto de lei 451/18, do deputado Wellington Moura (PRB), inspirado no Dia Mundial Vegano.

Veganismo é um conjunto de ações, em todos os aspectos da vida, que demonstra recusa ao sofrimento dos animais. Os veganos, como são chamados os que praticam o veganismo, têm uma alimentação onde nada de origem animal entra no cardápio.

O dia mundial do veganismo foi criação da então presidente da Vegan Society da Inglaterra no ano de 1944, Louise Wallis e é comemorado desde o aniversário de 50 anos da Vegan Society. Louise, também oficializou e criou o termo “vegano”.

O veganismo na gastronomia

A gastronomia é um dos setores de mercado que mais tem procurado se adaptar às particularidades do veganismo. Atualmente milhares de restaurantes já incluem em seus cardápios opções para quem segue o movimento, quando não são exclusivamente voltados para esse público. Hoje, é mais fácil encontrar variadas opções já prontas, como biscoitos, pães, entre outros. Se antes o cardápio era restritivo, hoje existem salgados, hambúrgueres, pão de queijo, entre outras opções.

Em 2017, com o intuito de aproximar as pessoas do veganismo, Monica, Carol e Guilherme, abriram o restaurante Pop Vegan Food, com diversas receitas que vem lotando a casa desde sua inauguração.

“Nossa ideia é mostrar que a comida vegana é acessível e saborosa no dia a dia”, afirma Mônica Buava, sócia do estabelecimento. “Acredito que a acessibilidade dá forças a causa e instiga mais pessoas a experimentarem”, completa.

Em São Paulo, o restaurante Pop Vegan Food, serve refeições exclusivamente da culinária vegana, com diversos pratos, a preços acessíveis, e durante a semana oferece, bufê livre no almoço, com saladas e pratos quentes (R$10 às segundas, R$15 de terça a sexta). Nas noites de quarta a domingo, funciona como pizzaria com 26 sabores no rodízio, além de delivery.

Endereço: Rua Fernando de Albuquerque, 144 – Consolação – São Paulo
Telefone: 2157-4358

Veganos famosos

Tatá Werneck
Defensora da filosofia de vida vegana, a atriz e apresentadora afirma não consumir nenhum produto de origem animal em sua alimentação.

Joaquin Phoenix e Rooney Mara
O casal de atores segue à risca o veganismo dentro e fora das telas.

Gwyneth Paltrow
A diretora criativa da marca de cosméticos orgânicos e veganos Juice Beauty e ajudou a tornar o veganismo popular nos Estados Unidos. Seu livro, “It’s All Easy: Healthy, Delicious Weeknight Meals in Under 30 Minutes” é uma de suas publicações mais recentes sobre o assunto.

Ariana Grande
Adepta da alimentação orgânica desde criança, a cantora aderiu ao veganismo em 2013 e, desde então, é uma das principais inspirações para a geração nascida nos anos 1990.

Paul e Stella McCartney
Paul proíbe a venda de produtos de origem animal em seus shows – inclusive no Brasil. Defensor pelos direitos dos animais há mais de quatro décadas, McCartney recentemente decidiu estender a causa vegana aos seus concertos. Além de se posicionar contra a exploração animal, o ex-Beatle é um dos incentivadores, ao lado de suas filhas, Mary e Stella, do movimento Meat Free Monday. A estilista, aliás, investe em uma abordagem sustentável à frente da grife Stella McCartney.

Natalie Portman
Adepta do veganismo há sete anos, a atriz israelense radicada nos Estados Unidos, aproveita qualquer oportunidade de realizar discursos inspiradores sobre o assunto. Acaba de participar do documentário Eating Animals (Comendo Animais), onde foi a narradora.

Isabelle Drummond
Foi no ano de 2017, em nome de um estilo de vida mais saudável, que a atriz aderiu ao veganismo por não concordar com a exploração animal. Isabelle defende o consumo da ‘carne verde’. Ela também não toma refrigerante e nem come fritura.

Olivia Wilde
A atriz é criadora do site Wilde Things, onde compartilha experiências sobre veganismo.

Brad Pitt
O ator é vegano há muito tempo. Ele adotou o estilo em atenção à saúde. Brad também é defensor dos efeitos ambientais negativos decorrentes da criação de gado.

Luiza Mel
Para a ativista, que ficou famosa pela dedicação ao resgate de animais, não compactuar com o sofrimento de seres vivos é uma filosofia de vida. Ela é vegana e incentiva o filho pequeno, Enzo, a seguir a mesma dieta alimentar.

Serena e Venus Willians
As irmãs tenistas também estão entre as celebridades que dão visibilidade à causa. Após ser diagnosticada com Síndrome de Sjögren – doença autoimune que afeta a articulação –, Vênus recebeu a recomendação médica de adotar uma dieta vegana. Serena, por sua vez, aderiu ao veganismo em apoio à irmã.

Miley Cyrus
A cantora deixou de consumir produtos de origem animal desde 2014 e, desde então, influencia os fãs a adotarem a postura de compaixão pelos animais.

Novak Djokovic
O tenista sérvio, garante que o veganismo melhorou sua qualidade de vida e até o seu jeito de jogar. Entusiasta, ele inaugurou em Mônaco o restaurante Eqvita, dedicado aos alimentos naturais.

loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*