Foto: Reprodução

Escritórios Virtuais atraem cada vez mais empresas de TI no Brasil

em Brasil/Tecnologia e Ciência por
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Inquietos, jovens e ousados. Os profissionais da área de tecnologia da informação costumam atuar na vanguarda. Eles analisam, gerenciam e moldam a participação da sociedade no mundo digital e, portanto, costumam estar à frente quando o assunto é inovar. Dinâmica e muito concorrida, a área de tecnologia está em alta, mas exige grandes investimentos no desenvolvimento de soluções inovadoras. Para uma startup ou empreendedor desse nicho o desafio é grande e o alcance de boa rentabilidade leva um certo tempo.

Em resumo: quem está nessa área precisa ter um bom produto, estar bem localizado e ter uma planilha de custo bem administrada para seguir adiante. “Para respeitar o orçamento apertado do começo da empresa e, ainda assim, atender à necessidade de estar alocado nos melhores pontos da cidade, muitos desses profissionais optam pela contratação de escritórios virtuais na hora de eleger um espaço para trabalhar e realizar reuniões de negócios. Em nossa estrutura, este perfil de usuário já corresponde a cerca de 25% de nossa base de clientes”, revela Mari Gradilone, diretora do Virtual Office.

Os escritórios virtuais são espaços privativos, que contam com uma série de benefícios para o empresário ou profissional liberal que está começando e precisa de um local para desempenhar suas atividades. Embora o serviço esteja disponível para profissionais de qualquer área, os escritórios virtuais para os profissionais de TI unem o conforto e bem-estar de um ambiente privativo com a comodidade administrativa e fiscal que complementam a função, além de oferecerem serviços que visam à ampliação profissional, oferecendo planos especialmente elaborados para as necessidades dos clientes, tais como:

– Atendimento telefônico bilíngue com uma linha privativa selecionada para cada cliente, permitindo que as pessoas entrem em contato e sejam recepcionadas por profissionais altamente treinados, redirecionando as chamadas para telefones fixos, celulares ou por notificação de chamada;

– Endereço comercial em pontos de alta representatividade que podem ser utilizados pelo profissional para divulgar seu trabalho em cartões de visita, sites ou qualquer material de divulgação;

– Facilidade de acesso para profissionais de TI que atuam de maneira remota, permitindo que utilizem os endereços dos escritórios virtuais para administração de correspondências e reendereçamento, além de salas para a realização de reuniões com clientes;

– Planos sem burocracia tanto para pessoas jurídicas como para pessoas físicas, facilitando e muito a vida de quem busca maior estabilidade no trato com o cliente e prestígio profissional, sem os custos fixos que implicaria a contratação de um escritório convencional.

“Comemorando 20 anos à frente do Virtual Office, sei que contar com uma boa estrutura de apoio e tomar certos cuidados faz toda a diferença para um novo empreendimento dar certo. O Virtual Office se destaca por seu profissionalismo, atendimento online e infraestrutura impecável em locais de grande visibilidade como no Centro da cidade do Rio de Janeiro, na Avenida Paulista, nos Jardins e em Alphaville e, a partir de 17 de março, teremos uma nova unidade Berrini Prime”, completa Mari Gradilone.

loading...

Comentários no Facebook