Lugano chega para preencher a lacuna de líder do São Paulo depois de Rogerio Ceni

em Coluna/Esporte por

allan

Lugano chega para preencher a lacuna de líder do São Paulo depois de Rogerio Ceni

Rogerio Ceni, ícone da torcida tricolor, pendurou as luvas e as chuteiras no final do ano de 2015. Depois de completar mais de mil jogos com a camisa do São Paulo, o clube do Morumbi se viu sem ídolo e sem líder no elenco atual.

Para preencher a vaga de líder no elenco o clube contratou o uruguaio Lugano, também ídolo do clube e com passagem vitoriosa nos anos 2000. Que Lugano é líder ninguém pode contestar, raça e comprometimento nunca faltaram ao uruguaio que serve de exemplo dentro e fora de campo para os companheiros.

O que pode ser contestado é a qualidade física do atleta, e aí esta o grande problema dos que criticam. É obvio que Lugano não chega com a mesma capacidade física da década passada, nenhum atleta de futebol no mundo tem aos 35 anos o mesmo folego que tinha aos 25. Lugano chega para ocupar a vaga de líder no São Paulo pós Rogerio, nada é mais claro que isto na intenção do São Paulo hoje.

Se Lugano fosse o zagueiro de 2005 não estaria jogando no Cerro Porteño, continuaria na Europa. Um clube grande e de massa como é o São Paulo não pode se dar o luxo de não ter um líder dentro do elenco, todos os grandes clubes do mundo contam com pelo menos um líder.

O uruguaio respeita, e muito, os torcedores são paulinos e isso basta para ele fazer parte do elenco. Com ele em campo talvez as goleadas sofridas ano passado para os rivais não teriam acontecido. Respeito e comprometimento não fazem mal a ninguém e com Lugano no elenco isto não deve faltar ao São Paulo em 2016.

__________________________________________________________________________________________________________
Allan Moran. Pós graduado em gestão e marketing em entidades esportivas. Complementou o mesmo curso na Universidad Europea de Madrid e é sócio da Trivela Sports. ©2014.

loading...

Comentários no Facebook