-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-

O conhecimento do mundo e a vida do meu filho.

em Monocotidiano por

O conhecimento no mundo dobra a cada 3 meses.

3 meses.

E para termos o dobro de dívida com o aprendizado do que não sabemos.

 

Antigamente, o tempo que levava para isso acontecer era muito menor. A quantidade de informação era menor e a velocidade com que ela viajava também.

Hoje, as coisas mudam constantemente.

Eu tenho um filho de 2 anos.

Ou seja, ele já passou por 8 duplicações de conhecimento e ainda não sabe comer sozinho, sequer.

 

Mas por que estou falando isso?

 

Durante muito tempo, a velhice era sinônimo de sabedoria.

Os mais velhos eram os que podiam nos ensinar porque já tinham vivido muito mais e conheciam melhor os segredos da vida.

Crianças e jovens eram feitos para aprender. E deviam absorver o que os mais velhos sabiam para terem uma vida com menos erros.

 

O conhecimento da experiência continua importante, mas vendo meu filho, cada vez mais percebo que eu aprendo com ele

A geração dele já está em outra sintonia.

Não só porque já sabem mexer em tablets com 2 anos de vida.

É um jeito de enxergar o mundo.

 

Comprei um joão-bobo para ele dias atrás.

Ensinei ele a empurrar o bichinho, que sempre voltava a ficar de pé.

Ele, volta e meia, dá uns tapas e chutes no boneco.

Mas também dá abraços, beijos, leva o boneco pra tomar banho, joga futebol com ele e etc.

Eu não ensinei ele a fazer nada disso com aquele brinquedo. No máximo, ensinei a bater.

O resto veio dele. E quem aprendeu com isso, fui eu.

O conhecimento está cada vez mais rápido e a gente precisa aceitar que só os mais novos tem velocidade o bastante para acompanhar tudo isso.

A lógica está se invertendo. E se nós podemos dar dicas que a experiência da vida nos ensinou, temos que ser humildes a ponto de saber que temos muito mais a aprender com as crianças do que a ensinar.

 

loading...

Comentários no Facebook

Últimos de Monocotidiano

As 10 mais.

Abriu o site e logo viu a chamada: as 10 músicas mais

Perdemos a paciência

Perdemos a paciência. Desaprendemos a esperar. As respostas estão todas na mão.

Aparece lá em casa

Quando abriu o WhatsApp viu a mensagem: “E aí? Vão fazer alguma

Debate

O menino chegou na sala louco pra assistir um desenho antes de

Mas, pai…

O menino já estava pra dormir. Deitou na cama, tomou o leite
Voltar p/ Capa