-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-

O Rei das vagas de comunicação no WhatsApp

em Negócios/News & Trends por

Grupos de WhatsApp ainda nem eram moda quando o publicitário paulistano, Alexsander Brunello (36), criou em agosto de 2014 o seu primeiro, batizado de Olha Vaga. Hoje, com quase 50 grupos, já ajudou mais de 300 profissionais a conseguir emprego fixos e temporários.

Segundo o publicitário, a sua mania por organização inspirou a criação do grupo. “Como tinha muitos amigos da área de comunicação e sempre recebia vagas, resolvi criar um grupo para reunir em um único ambiente todas as oportunidades e compartilhar com colegas da profissão”, lembra.

A ideia de publicar vagas de trabalho em grupos de WhatsApp, sem a burocracia do cadastro solicitado pelas plataformas de empregos já existentes, deu tão certo que além dos mais de 40 grupos das áreas de marketing e publicidade, foram criados grupos de Tecnologia da Informação, Recursos Humanos, Administração, Serviços Gerais e Gastronomia. “Já me pediram grupo de tudo: nutrição, direito, arquitetura, entre outros, mas ainda prefiro focar nas áreas que tenho maior acesso às vagas”, conta Brunello.

São mais de 100 vagas divulgadas diariamente, sendo 20% exclusivas para os participantes dos grupos. “Com o sucesso do Olha Vaga, muitas agências e empresas preferem ter suas oportunidades anunciadas nos grupos ao invés de seguir o processo tradicional de envio para o setor de RH. Isso se justifica pela rapidez com que as vagas são preenchidas. O recorde de uma vaga fechada nos grupos foi de 7 minutos”, comemora o profissional.

A quantidade de oportunidades divulgadas no Grupo Olha Vaga é reflexo do networking do publicitário, construído ao longo de 15 anos atuando em agências de publicidade da capital, e também, fruto de 8 a 12 horas diárias de curadoria de vagas em diversas plataformas.

Recentemente, o fundador realizou uma pesquisa para medir o nível de satisfação dos usuários: 90% estão contentes com a prestação de serviço e 93% não gostariam que houvesse uma mudança de formato, migrando os grupos para um site ou grupo de Facebook, por exemplo. O resultado traduz o que hoje já é uma tendência mundial, o WhatsApp possui 1 bilhão de grupos, segundo dados do Facebook, e é o aplicativo de mensagens instantâneas queridinho dos brasileiros.

A propaganda boca a boca também contribui com o crescimento do Grupo Olha Vaga, que hoje tem mais de mil profissionais e conta com a administração rigorosa de Brunello. “Ao entrar no grupo, os novos membros recebem um comunicado de boa convivência, quem não respeita é removido na hora”, reforça.

O administrador calcula que conversa por dia com aproximadamente 70 pessoas, entre interessados em entrar nos grupos e os próprios participantes. Para divulgar o trabalho realizado, criou uma página no Linkedin com depoimentos dos profissionais que conseguiram recolocação no mercado, contratantes e membros satisfeitos. Em menos de um mês, a página conquistou o número de 500 seguidores.

Com a crescente repercussão dos grupos e o tempo dedicado a busca por vagas, Alexsander viu a oportunidade de transformar o que até então era um trabalho informal em negócio. Atualmente cobra uma taxa anual dos novos membros que dá direito a participar de até três grupos distintos.

Quando questionado sobre os próximos passos, Brunello se mostra animado. “Tem muito benefício que quero entregar aos participantes, já teve happy hour para estreitar o networking dos profissionais. Estou fazendo parcerias com coach´s, professores de idiomas, preparando workshops, enfim, ideia não falta”, conclui o criativo.

O título de Rei das vagas no WhatsApp agrada o publicitário, que pretende até o fim do ano administrar 100 grupos.

 

loading...
Tags:

Comentários no Facebook

Últimos de Negócios

Voltar p/ Capa