Os benefícios de se consumir fibras na medida certa

em Saúde & Bem-estar por

Nem a mais, nem a menos: além de melhorar o trânsito intestinal e diminuir o inchaço abdominal, consumir a quantidade certa de fibras todos os dias ajuda a reduzir os níveis de glicose e colesterol no sangue e ainda dá sensação de saciedade, o que ajuda nos processos de emagrecimento e manutenção do peso.

Engana-se quem acredita que os únicos benefícios da ingestão diária de fibras é a melhora no trânsito intestinal e consequente diminuição da sensação de inchaço abdominal. Consumir a quantidade certa de fibras solúveis e insolúveis todos os dias (nem a mais, nem a menos) diminui a absorção de gordura, ajuda a reduzir níveis de glicose e colesterol no sangue e ainda traz a sensação de saciedade, o que ajuda nos processos de emagrecimento e manutenção do peso.

“Indiscutivelmente, as fibras são indispensáveis para o bom funcionamento do nosso organismo”, afirma o Dr. Ayrton De Magistris.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a ingestão de 25 gramas de fibras diariamente. Porém, com o dia a dia atribulado, o consumo ideal de fibras não tem feito parte da alimentação da maioria dos brasileiros. A regra são a priorização de alimentos industrializados e sucos em vez de frutas in natura; a escolha nos bufês self service de alimentos ricos em lipídeos, carboidratos simples e pobres em fibras alimentares, com poucos legumes, grãos e vegetais crus, e a ingestão de alimentos semiprontos e congelados que em vez de exceção, viram rotina para facilitar a alimentação após o trabalho. Esses maus hábitos estão ligados a males como obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares.

“Duas em cada três mulheres sofrem com prisão de ventre”, explica o Dr. Ayrton De Magistris. “Como nem sempre conseguimos incluir no cardápio alimentos fibrosos como verduras, legumes, leguminosas, frutas, grãos e cereais integrais, a suplementação vem para suprir essa ingestão deficiente de fibras”. O grande desafio é fazer essa suplementação de uma forma prática, que interfira pouco no dia a dia.

TIPOS DE FIBRAS

Existem dois tipos de fibras: as solúveis e as insolúveis. As primeiras atuam no estômago e no intestino delgado, tornando a digestão mais lenta e melhorando a digestão dos nutrientes, principalmente açúcares e gorduras. Esse tipo de fibra ajuda a controlar o metabolismo energético e evita o aumento da glicemia no sangue. Já as fibras insolúveis têm a função de aumentar o bolo fecal e acelerar o trânsito intestinal, melhorando a chamada prisão de ventre, mal que aflige duas em cada três mulheres brasileiras.

Confira abaixo os principais benefícios das fibras, segundo o assessor médico da MIP Brasil Farma:

Bom funcionamento do intestino – Não custa repetir: fibras são a “salvação” para quem sofre com constipação. “Além disso, promovem uma flora intestinal saudável, aumentando as bactérias do bem e minimizando as bactérias patogênicas”, completa o Dr. De Magistris.

Sensação de Saciedade – Ingerir fibras ajuda até a emagrecer. Sim, as fibras solúveis absorvem água e formam géis, permanecendo mais tempo no estômago e proporcionando maior saciedade e diminuindo a vontade de comer toda hora.

Reduz o Colesterol – O consumo de fibras aliada a uma dieta rotina saudável, com alimentação adequada e a prática de exercícios físicos, pode ajudar a diminuir as taxas de colesterol no sangue.

Controle da Glicose – As fibras promovem a liberação mais lenta e constante da glicose e ajuda a regularizar os níveis da substância no sangue.

loading...

Comentários no Facebook