Ossos artificiais auxiliam na formação de médicos no Brasil e fora dele

em Brasil/Saúde & Bem-estar por
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Empresa 100% brasileira abastece o mercado acadêmico nacional e internacional com produtos exclusivos que já fazem parte da formação de médicos ortopedistas, veterinários e dentistas.

A Nacional Ossos surgiu a partir de da ideia de fabricar anjinhos de resina há 19 anos e é a única fabricante de ossos artificiais do país. Hoje desbrava esse universo exclusivo declarando que é possível sobreviver e se destacar aqui e lá fora.

Exportando para 35 países, em média, com alguns contratos firmados e outros em andamento. “Nossos clientes fiéis estão em Israel, Alemanha e Irlanda do Norte” conta Fabiana Franceschi, proprietária da Nacional Ossos. Os modelos mais exportados são os de treinamentos e demonstrações na área odontológica, como mandíbula desdentadas, manequim pré-molar com gengiva e crânio frontal all-on 4.

Além desses modelos, a Nacional Ossos também fabrica: “Fêmur”, “pé”, “mãos” e “coluna Vertebral” que são usados no teste de aptidão dos cursos de Medicina Ortopédica de todo o país – mais conhecido como TEOT (Título de Especialista em Ortopedia e Traumatologia) em parceria com a SBOT (Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia). A prova para obtenção ao Título de Especialista em Ortopedia e Traumatologia (TEOT) movimenta anualmente milhares de pessoas em todos os cantos do país e assumiu a vanguarda dentre as especialidades médicas brasileiras pela qualidade, retidão e avanço tecnológico.

A Nacional Ossos tem a consciência de que ajuda na formação dos médicos, dentistas e veterinários não só do Brasil mas de todo o mundo, porque exporta para muitas empresas que comercializam seus produtos para as melhores e mais conceituadas universidades, e têm consciência disso buscando sempre por produtos inovadores e que atendam as necessidades não só do mercado nacional, como também as exigências do mercado internacional, “Nossos produtos não requerem certificações como ANVISA, FDA ou CE pois é um material didático usado em aulas e workshops ” explica Fabiana.

loading...

Comentários no Facebook