-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-

Tag archive

engenharia civil

GUIA BIM DEVE BARATEAR IMÓVEIS EM NO MÍNIMO 15%

em Brasil/Negócios/News & Trends/Tecnologia e Ciência por

Projeta-se que se metade das empresas implementar este modelo, o setor da construção civil crescerá 7%, ou seja, R$ 21,9 bilhões”

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, é responsável pelo desenvolvimento do Guia BIM, em português, Modelagem da Informação da Construção. O uso desse sistema pode baratear obras em até no mínimo 15% em relação ao custo total e 20% os custos com insumos. Na prática é uma ferramenta de planejamento que utiliza um modelo virtual em três dimensões para facilitar a visualização do construtor, para saber exatamente onde estarão as portas e janelas, por exemplo, acabando com o costume de construir uma parede para depois quebrá-la para passar fios, ou encaixar batentes.

Para seguir esse sistema que as grandes construtoras já têm acesso, é preciso criar um banco de imagens de tudo o que precisa numa construção como, portas, janelas, encanamentos. O foco da ABDI é disponibilizar esse guia com todos os itens de construção, catalogados gratuitamente, para que todas as construtoras tenham acesso, tornando as pequenas empresas do setor mais competitivas, assim podendo aumentar a concorrência. O desafio da Agência é buscar soluções para setor de construção civil, tornando a biblioteca do guia cada vez mais completa, mas para isso é preciso a conscientização principalmente dos fornecedores de materiais que tem que disponibilizar todas as informações técnicas sobre as matérias-primas e insumos utilizados numa obra. Estamos entrando em uma nova etapa que é a digitalização da economia, afirma Guto Ferreira, Presidente da ABDI

Para observar os benefícios do BIM, e a economia que pode ser alcançada com seu uso, o Governo Federal desde o ano passado, criou o comitê estratégico da implementação do BIM (CE-BIM). Esse ano terá uma forte campanha para que as empresas do setor adotem o sistema. Projeta-se que se metade das empresas passar a implementa-lo, a economia da construção civil aumentará 7%, significa um aumento de 21,9 bilhões no PIB do setor. Entre os benefícios, ainda na etapa do planejamento é possível prevenir erros e corrigir inconsistências no projeto, assim diminuindo o tempo de construção, com eventuais erros que poderiam aparecer no canteiro de obra, finaliza o Presidente da ABDI, Guto Ferreira.

Voltar p/ Capa