Visitas ao Museu Ema Klabin estimulam o público a refletir sobre a representação e o protagonismo da população negra na Coleção

em Brasil/Cultura e Entretenimento/Educação e Comportamento/News & Trends por

Aos sábados, nos  meses  de maio e junho, o Educativo da Fundação Ema Klabin realiza visitas ao acervo da Casa-Museu conversando com o público sobre o tema desse ano: “Identidades Paulistanas”.

A ideia é refletir sobre as representações e os protagonismos da população negra na Arte a partir da Coleção de Ema Klabin.

“Nessa edição, teremos como foco a população negra, seja ela representada na obra ou como agente da produção artística, desde o período Colonial até o Modernismo. Iremos convidar o público a desvendar conosco onde poderia estar esse protagonismo nas obras que serão analisadas”, explica a coordenadora do setor educativo da Casa-Museu Ema Klabin,  Cristiane Alves.

A Fundação Ema Klabin abriga um valioso acervo de mais de 1500 obras, entre pinturas do russo Marc Chagall e do holandês Frans Post, talhas do mineiro Mestre Valentim, mobiliário, peças arqueológicas e artes decorativas.

Serviço:

Visita De Olho na Coleção – Representações e protagonismos da população negra na Coleção de Ema Klabin Datas:  Sábados: 18 e 25/05 e 1,8,15,29/06,  das 14h30 às 16h30 – 20 vagas (dia)  por ordem de chegada – Entrada franca

Visitas Livres ao museu: O espaço cultural abre de quarta a domingo, das 14h às 17h (com permanência até às 18h), sem agendamento. Aos finais de semana e feriados a visita tem entrada franca. Nos outros dias, o ingresso custa R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

Fundação Ema Klabin

Endereço: Rua Portugal, 43, Jardim Europa – São Paulo.  Tel: 11 3897-3232

http://emaklabin.org.br/

 

loading...

Comentários no Facebook