Connect with us

A proteção do maior patrimônio dos pais, os filhos

Published

on

A maior preocupação dos pais é com a segurança de seus filhos. O ambiente escolar, os lugares frequentados e os círculos de amizades são motivos de interesse dos pais e também de alerta quando o assunto é a proteção das crianças.

Atualmente, mais famílias têm optado por residir em condomínios fechados por oferecer mais opções de lazer e também de segurança. Contudo, mesmo em locais fechados e com proteção, alguns perigos podem ocorrer, por isso é imprescindível aos pais prevenir acidentes e outras ameaças à segurança das crianças e adolescentes.

O Diretor Operacional do Grupo Haganá, Samuel Rubens Pereira, preparou algumas dicas preventivas para assegurar a proteção e o bem-estar dos seus filhos nas atividades do dia- a- dia:

  • Não deixe crianças de até sete anos desacompanhadas em áreas de playground e nas piscinas;
  • Ensine a criança a utilizar o interfone de emergência dos elevadores;
  • Não autorize a saída da criança do condomínio sem o acompanhamento dos pais ou responsável;
  • Explique aos filhos como eles podem pedir ajuda em caso de perigo, quer seja para eles próprios ou para algum amiguinho (cadastre o seu número no celular das crianças e os ensine a efetuar uma ligação rápida através de pré-cadastro no aparelho, por exemplo, nos “favoritos”, entre outros);
  • Conhecer as rotas de circulação de pedestres do condomínio é muito importante, porém muito mais importante é saber as áreas que eles não podem acessar (passagem de veículos, áreas isoladas para obras e/ou reformas, acesso ao barrilhete – topo do prédio, casa de máquinas dos elevadores, acesso a sala do gerador, entre outras);
  • Saber como usar as rotas de fugas em casos de incêndio (escadas de emergências);

Outro local que demanda a atenção dos pais é a escola. Algumas medidas de segurança precisam ser tomadas para aumentar o nível de segurança das crianças e jovens:

  • Conduza seus filhos à escola ou os entregue a pessoas de sua confiança;
  • Evite parar em fila dupla e não demore no embarque e desembarque de passageiros;
  • Toda criança deve saber seu endereço, telefone, nome dos pais ou responsáveis ou de quem vai buscá-la na escola;
  • Oriente seu filho para andar em grupo no trajeto das escolas ou em longas caminhadas e também em lugares ermos;
  • Não aceite presentes, doces e bebidas e nem converse com estranhos;
  • No transporte de crianças, coloque-as no banco de trás. Use sempre o cinto de segurança ou o equipamento de segurança recomendado para o peso e idade da criança (ex: cadeirinha);
  • Trave as portas e mantenha os vidros do seu automóvel sempre fechados;
  • Para os adolescentes, orientá-los a evitar os pontos de parada de ônibus em locais escuros e sem movimento;
  • Ensine seus filhos a atravessar sempre na faixa de segurança e em grupos.

E em ano de Copa do Mundo, não podemos esquecer a segurança das crianças em grandes eventos. Pereira alerta para um ponto muito importante nessas situações: “Ao passear com as crianças em áreas públicas ou privadas, onde há grande aglomeração de pessoas, não deixe as crianças sozinhas em momento algum. Para as crianças mais novas/menores e mais “elétricas”, que podem se soltar e correr aleatoriamente, tenha uma mochilinha com guia fixada nelas. Assim você poderá “assumir” o comando quando for necessário.”

Com essas medidas fica mais fácil prevenir acidentes e possíveis riscos na segurança dos seus filhos e manter a tranquilidade em família.

Advertisement

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times