A Prova Final

Published

on

A onda de crimes que assombra a cidade de São Paulo está assustando a grande maioria  dos paulistanos. Policiais e bandidos se enfrentam para ver quem vai dominar o maior pólo financeiro do país. Mas nada disso é tão importante para Edinho quanto a última prova do colégio. Apesar da sua aparência nerds, Edinho nunca gostou muito de estudar. Edinho é um garoto de 16 anos com 1.80m de altura, cheio de espinhas, magrelo e cabelo sem corte definido. Seu maior hobby é jogar no celular. Só que suas últimas notas decepcionaram seus pais e ele precisava passar de ano para se livrar de uma vez por todas das professoras tiranas e dos alunos que viviam zuando o seu jeito estranho de ser.

Edinho devorou os livros, estudou com afinco cada linha da matéria e tinha certeza absoluta que iria tirar nota 10 na prova final. Estava empolgado com a ideia de terminar o ensino fundamental e fazer seus pais sentirem orgulho dele.

Finalmente o dia da prova chegou, Edinho estudava no período noturno porque não gostava de acordar cedo. E mesmo sendo preguiçoso, levantou às 9 da manhã para estudar pela última vez. Ao entardecer começou a chover muito forte, com direito a granizo e trovoadas. Essa chuva se estendeu até a hora do Edinho ir para escola. Como de costume, Edinho sempre carregava uma folha de resumo de toda a matéria para ler nos minutos finais antes da prova. Edinho esperou a chuva passar, mas a água que caia do céu parecia aumentar a cada minuto. Então, Edinho resolveu sair mesmo assim para não chegar atrasado na escola. Apesar de ser horário de verão, a chuva torrencial fez com que escurecesse antes do normal. Edinho procurou por toda casa algum guarda-chuva, mas não achou nenhum e decidiu sair mesmo assim. Colocou uma caneta no bolso e a folha de resumo debaixo da camiseta. Saiu de casa e foi andando com cuidado por baixo das casas que tinham telhados que cobriam a calçada. A escola ficava apenas a 1km de distância e, quando faltava uns 300 metros pra chegar na escola, a chuva parou.

Edinho não se molhou muito, apenas alguns respingos nos ombros, costas e os dois bicos do tênis. Para ganhar tempo, Edinho pensou em ler a folha de resumo enquanto andava até a escola. A sua concentração na prova era tanta que ele não percebeu alguns policiais enquadrando dois suspeitos a poucos metros à sua frente.  Edinho foi se aproximando de onde os policiais e suspeitos estavam e sem perceber puxou rapidamente a folha de resumo debaixo da sua camiseta. Naquela altura, o policial que estava na viatura já tinha percebido a aproximação do garoto e pensou que ele estava sacando uma arma da cintura. Sem pensar duas vezes, o policial disparou três tiros em Edinho, que caiu o no meio fio e falecu com folha de resumo da prova na mão.

Advertisement

______________________________________________________________________________________________________________

Teclado de Papel. Direto do Submundo para o Mundo Virtual. Palavras, pensamentos e poesias. © 2014.

Trending

Sair da versão mobile