Connect with us

Acumulado do ano registra segundo maior resultado de fusões e aquisições

Published

on

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Apesar de ter registrado um aumento de apenas 2,5%, em comparação com o ano passado, com 615 fusões e aquisições realizadas nos primeiros nove meses de 2014 o período alcançou o segundo maior resultado desde 1994, quando foi iniciada a pesquisa da KPMG. É o que aponta a o estudo realizado trimestralmente e que apura as transações efetivamente concluídas e divulgadas que envolvam empresas estabelecidas ou com presença no País. Segundo a pesquisa, o melhor período foi em 2012, quando foram registradas 640 operações.

“Apesar de uma ligeira queda nos números do terceiro trimestre em relação ao ano passado (209 x 214), vemos uma estabilidade no número de fusões e aquisições em 2014, o que deve levar o acumulado do ano a uma das maiores marcas da história”, afirma o sócio da KPMG e líder de fusões e aquisições, Luis Motta. “Apesar de passarmos por momentos de incertezas, não podemos deixar de destacar a importância do investidor estrangeiro. Foram efetivadas até agora 301 transações com estrangeiros na ponta compradora, ou 49% do total. No mesmo período no ano passado, eram apenas 264 operações, que representavam 44%”, explica.

Terceiro trimestre

Quanto aos números referentes aos meses de julho, agosto e setembro deste ano, o destaque foi para as operações no setor de tecnologia da informação (39), empresas de internet (31) e companhias de energia (15). “Em relação ao mesmo período do ano passado, o crescimento das transações em empresas de internet foi considerável, passando de nove transações no ano passado para 31 no atual período, um crescimento de aproximadamente 250%”, analisa Motta.

O executivo também destaca a retomada de operações domésticas neste trimestre que, com 90 transações, registrou o melhor resultado trimestral desde o período entre julho e setembro de 2013, quando foram registradas 98 negociações entre empresas de capital brasileiro.

Advertisement

Comparativo 2014 x 2013 x 2012

Ano

1o. Trim.

2o. Trim.

3o. Trim.

Advertisement

Total

2014

193

213

209

Advertisement

615

2013

192

194

214

Advertisement

600

2012

204

229

207

Advertisement

640

3 tri 2014 Total
CB1           79
CB2             8
CB3           10
CB4           17
CB5             5
Domestic           90
Total          209

 

Legendas
Transações Domésticas: entre empresas de capital brasileiro
CB1: Empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de brasileiros, capital de empresa estabelecida no Brasil.
CB2: Empresa de capital majoritário brasileiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no exterior.
CB3: Empresa de capital majoritário brasileiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no Brasil.
CB4: Empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no Brasil.
CB5: Empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de brasileiros, capital de empresa estabelecida no exterior.

Sobre a pesquisa
A Pesquisa de Fusões e Aquisições da KPMG no Brasil é realizada trimestralmente e apura as operações efetivamente concluídas e divulgadas que envolvam empresas estabelecidas ou com presença no País.

Advertisement

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times