Connect with us

Agá Doizó

Published

on

ze

Agá Doizó

A humanidade sempre viveu como se a água fosse um recurso infinito. Mas pense bem: se isso fosse verdade, já teríamos todos morrido afogados.

O fato é que a água potável está ficando cada vez mais rara no planeta. Dizem até que, no futuro, a água vai valer tanto quanto ouro. Então quer dizer que um dia poderemos comprar uma casa dando meia dúzia de cuspidinhas na cara do corretor – dez, se for em bairro nobre.

O único lugar onde parece estar sobrando água é naquela música do Carlinhos Brown: “água mineral, água mineral, água mineral”. Isso sim é desperdício de água, mais que escovar os dentes com a torneira ligada. Por mim, podia ser o contrário: os reservatários encherem e o Carlinhos Brown nunca mais cantar essa música.

Mas como isso não acontece, é cada dia mais importante economizar água. O Leonardo DiCaprio, por exemplo, só toma banho umas 3 vezes por semana. Mas ele é famoso e bonitão. Mesmo fedido, ele já comeu a Gisele Bundchen. E nós, meros mortais? Como ficamos? Só conseguimos nos dar bem sem tomar banho em época de festa junina – se alguma mulher topar subir no pau de sebo.

Advertisement

A falta d’água está tão grave, que esse negócio de economizar água já virou uma paranóia. Um amigo meu estava na cama com a esposa. Os dois se pegando, aquele amasso todo. Aí a mulher dele falou:

– Ai, amor. Tô toda molhadinha.

– Então aproveita essa água aí pra lavar louça.

Eu quero aproveitar este espaço para fazer um protesto: até na falta d’água os gordos são discriminados. O cara fica todo suado, com aquela pizza no sovaco. Aí vem alguém e fala:

– Olha, que gordo escroto. Desperdiçando água.

Advertisement

Não sei você, mas cada vez que vejo aquelas tabelinhas de quanta água gastamos, fico desesperado. Por exemplo: um banho de 5 minutos equivale a 45 litros. Ou seja: só a punhetinha embaixo do chuveiro já gastou isso. Ou, no caso de ejaculadores precoces, 21.

Uma descarga gasta, em média, 6 litros. Ou seja: é mais que um galão, só pra colocar o cocô para fora de casa. Mas tem uma solução simples: quando levarmos nossos cachorros para fazer cocô na rua, podemos agachar ao lado deles e botar a fábrica de churros para funcionar. Depois é só colocar tudo no mesmo saquinho e jogar fora. E quem não tem cachorro? Ora, quem não tem cão caga com gato.

Mas o argumento mais forte para se economizar água é que, para fabricar cada litro de cerveja, são necessários 4 litros de água. E como você prefere gastar a sua cota: tomando uma gelada ou lavando a calçada com mangueira?

__________________________________________________________________________________________________________
José Luiz Martins. Humorista, publicitário e roteirista. Sócio da empresa Pé da Letra, de criação e produção de conteúdo. © 2014.

Advertisement

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times