Connect with us

Como ajudar seus funcionários a criar um futuro sob medida

Published

on

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Segundo o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – a população idosa no Brasil deverá chegar a 48,8 milhões em 2050. Diante desse aumento expressivo de idosos no país, empresas têm se atentado ao fato de que, muitos deles, estão próximos de deixar o mundo do trabalho.

Um grande número de empresas investe recursos significativos em programas voltados a possibilitar o sucesso profissional e pessoal de seus colaboradores, mas poucas assumem a responsabilidade de ajudar seus funcionários a fazer a transição entre o trabalho e a aposentadoria.

“Nesse contexto, a aposentadoria vem representar uma ruptura no dia-a-dia do profissional e, ao mesmo tempo, inaugura um novo ciclo na vida do funcionário no qual é de extrema importância que ele esteja preparado para isso”, afirma Ligia Antunes, especialista em programas de preparação de aposentadoria.

Para muitas pessoas, o trabalho representa o eixo ao redor do qual giram quase todos os aspectos da sua vida e define, em boa parte, sua identidade. Ao deixar tudo isso para trás, é natural que ocorram mudanças significativas em sua estrutura financeira e em seu estilo de vida. “Quanto melhor preparada a pessoa estiver para lidar com essas mudanças, mais fácil será o processo de transição”, completa Ligia.

Empresas já estão tomando a iniciativa de ajudar seus funcionários a planejar não apenas suas finanças, mas também os demais aspectos de sua vida, tornando-os mais autônomos e otimistas com relação ao que o futuro lhes reserva. Com isso, aumentam a percepção de valor dos programas de remuneração e benefícios oferecidos, melhoram os índices de satisfação interna e aumentam seu poder de atração e retenção de profissionais talentosos.

Advertisement

Através do Programa de Preparação de Aposentadoria, a CGP Brasil discute com seus colaboradores sobre essa nova realidade e os prepara para a aposentadoria. “O Programa não se restringe aos aspectos burocráticos e previdenciários da questão. Com o PPA, o colaborador faz uma reflexão, recebe uma orientação e, principalmente, um apoio para a adaptação à nova realidade como, por exemplo, o retorno desse profissional ao seu cotidiano familiar, a reorganização do trabalho, o aproveitamento do tempo mais livre assim como o cuidado com a saúde e a qualidade de vida”, afirma Ligia.

Como as empresas podem, então, auxiliar seus funcionários a planejar o futuro?

Preparando-se para a transição

Ajudar o colaborador a descobrir quem ele é e o que é realmente importante para ele, é o foco dessa preparação. E, a partir dessas descobertas, o funcionário deve criar uma lista de possibilidades futuras de realização pessoal, emocional e intelectual que estejam alinhadas com seus valores, motivações e comportamentos de sucesso. O processo se completa com a análise da viabilidade do projeto de vida do colaborador em termos de tempo, recursos financeiros e perfil pessoal e com o planejamento detalhado de sua implantação na ocasião da aposentadoria.

Planejamento financeiro

Advertisement

A aposentadoria vai chegar antes do tempo por decisão da empresa e não sua? O benefício pago pela previdência vai ser suficiente? Vou viver mais tempo que meus pais e avós com saúde e qualidade de vida? Até qual idade consigo ficar no mercado de trabalho? Será que terei dinheiro suficiente? Essas são considerações que devem ser levadas a sério na hora do planejamento financeiro e que fazem toda a diferença quando a aposentadoria chega.

Veja algumas dicas:

– Quando você pretende para de trabalhar? Quanto tempo mais na ativa mais tempo terá oportunidade para poupar ou investir!

– Que estilo de vida pretende ter depois de se aposentar? Mudar de cidade, viajar ou abrir um negócio. Seu estilo de vida vai determinar suas despesas na aposentadoria!

– Quais serão suas despesas? Coloque no papel todas elas: aluguel ou prestação de imóvel, plano médico, alimentação, lazer e tenha em mente que não terá praticamente nenhuma redução no orçamento quando se aposentar!

Advertisement

– Qual será sua receita depois de aposentado? Consultores financeiros estimam que o benefício da Previdência Social representa no máximo 20% da receita de um aposentado. Como você pretende complementar sua renda? Possui previdência privada? Tem aplicações financeiras? Aluguéis de imóveis?

– Quanto você vai precisar poupar até se aposentar? A média de vida do brasileiro, hoje, está em 78 anos e continua subindo. Seja conservador e faça seus cálculos como se fosse viver até os 85 ou 90 anos. Se a quantia necessária para você viver até lá for menor do que a receita aferida no período, você terá que cobrir essa diferença no tempo que falta para você se aposentar. Calcule o quanto você deve poupar a cada mês para chegar a esse total. Os planos de previdência privada são uma forma efetiva de poupança mensal, além de poderem ser abatidos do imposto de renda e contarem com alíquotas decrescentes conforme o tempo de aplicação.

Observação Importante: Se você já estiver próximo ao momento de se aposentar, sem tempo hábil para chegar ao patrimônio que estabeleceu como meta, terá que considerar a possibilidade de adiar a aposentadoria por alguns anos, baixar seu padrão de vida atual para reduzir as despesas e aumentar a poupança, assumir um estilo de vida mais simples no futuro ou buscar alguma atividade remunerada após a aposentadoria.

“Planejar sua aposentadoria pode parecer um desafio mas, é mais fácil do que parece! Basta um pouco de disciplina para criar o futuro que você deseja e merece”, finaliza Ligia.

A CGP Brasil discute a importância de se manter física e mentalmente saudável para desfrutar plenamente as oportunidades de realização que o futuro oferece, enfatizando seu papel na prevenção de doenças, na preservação de boas condições de saúde e na melhor utilização dos serviços médicos disponíveis.

Advertisement

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times