Dia dos Namorados

Published

on

Dia dos Namorados

Conhecida como Valentines Day’s, a festa de Dia dos Namorados foi criada em homenagem a Valentino, um bispo católico que resistiu às ordens do imperador Cláudio II, que abolia o casamento. Ele mesmo, ainda que fosse do clero, se apaixonou. Daí nasce a expressão “do seu Valentino”.

Há referências que também remetem esse dia à véspera de uma festa romana chamada Lupercália, uma celebração em oferta ao deus Lupercus, para afastar os lobos que rondavam as casas nessa época do mês. Durante a festa, os nomes das moças eram colocados em frascos e o rapaz que escolhesse o frasco seria seu “namorado” durante aquele ano.

No Brasil, a comemoração foi sugerida por um publicitário para estimular o comércio no mês de junho, que indicava baixa nas vendas. E a estratégia deu certo! Dia 12 de junho o “comércio do amor” é aquecido e, não só os preços, mas as filas e o stress em restaurantes e afins ficam gigantescos.

Fique de olhos bem abertos! Talvez outros dias sejam melhores pra curtir um momento especial com quem você ama, sem crendices e sem comércio.

Advertisement

__________________________________________________________________________________________________________
Claudia Giron Munck é Publicitária, Relações Públicas, especializada em Marketing e Mídias Digitais. Atua na área de Comunicação do Sesc SP e é Coordenadora Editorial da Revista Gente Nova.

Trending

Sair da versão mobile