Connect with us

FICÇÃO OU NÃO FICÇÃO?

Published

on

ze

Quando o assunto é fé, todo mundo tem o direito de acreditar no que quiser, inclusive em nada. Mas uma coisa que me incomoda um pouco é gente que interpreta a Bíblia ao pé da letra.

Por exemplo, como é que Deus pode ter criado o mundo em sete dias? Na verdade em seis, porque no sétimo ele descansou. Seguindo essa lógica, Deus não é um velho barbudo. Ele está mais para o The Flash.

Seis dia para criar tudo o que existe? Os mares, as estrelas, as montanhas, os animais e os seres humanos. Menos o Rubens Barrichello, que certamente demorou mais.

Eu tenho certeza que essa história foi inventada só para meu chefe poder me dar bronca:

Advertisement

– Pô, Zé. Deus fez o mundo em 6 dias e você já está há 15 nesse projeto.

– Mas meu trabalho vai ficar bom. Já o mundo, olha que bela porcaria.

Tem gente que acredita que o homem realmente veio do barro. Pode ser: Deus soltou um barrão e, em vez de dar descarga, colocou para povoar o planeta. Outros acreditam na frase: “Do pó vieste e ao pó retornarás”. Deve ser por isso que tem tanto ex-drogado nas igrejas.

Essas pessoas também juram que a mulher veio da costela. O que faz sentido, já que as duas são gostosas de comer.

As únicas roupas que Adão e Eva usavam eram folhas de parreira. Lógico: em seis dias mal dá para tricotar um cachecol. Considerando que uma simples folhinha de uva era capaz de tapar todo o sexo do Adão, podemos deduzir que a humanidade não veio da África e sim do Japão.

Advertisement

Pois bem: estavam Adão e Eva no paraíso, até que Eva comeu uma maçã e eles foram expulsos de lá. Onde já se viu uma cobra dar maçã para uma mulher? Eu já vi dar leitinho, mas maçã nunca.

Imagine a cena: Eva andando saltitante pelo paraíso e, de repente, dá de cara com uma cobra com uma coisa vermelha na ponta. E o que ela faz? Cai de boca. O que confirma a teoria de que a prostituição é a profissão mais antiga do mundo.

Mas o pobre Adão, que nada tinha a ver com a história, também foi expulso do paraíso. Coitado: tava de boa em casa, assistindo o Globo Esporte, enquanto a esposa saía por aí dando mole pra primeira cobra que aparecesse. E mesmo assim, o pobre pagou o pato. Moral da história: corno tem mais é que se ferrar.

E para piorar, Adão ainda teve uma praga rogada cotra ele: “Maldita seja a terra por causa de ti; à custa de trabalho penoso é que dela tirarás o teu alimento”. Ou seja: Deus cancelou o Bolsa Família dele.

Outra história que também não me entra na cabeça é a da Arca de Noé. Como pode um velhinho de 600 anos (sim, a expectativa de vida naquela época era alta, porque ainda não tinha sido inventada a gordura trans) construir uma arca maior que o Maracanã? E depois, esse mesmo velhinho ainda saiu pelo mundo procurando um casal de cada animal e botando para dentro da arca. Se Deus, que é todo-poderoso, descansou no sétimo dia, como Noé aguentou?

Advertisement

Com todo respeito, mas eu duvido que teria dado tempo de fazer tudo isso antes do dilúvio. Qualquer chuvinha que cai, não dá tempo nem de tirar as roupas do varal.

__________________________________________________________________________________________________________

José Luiz Martins. Humorista, publicitário e roteirista. Sócio da empresa Pé da Letra, de criação e produção de conteúdo. © 2014.

Advertisement

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times