Connect with us

Educação e Comportamento

Jovens gamers: como jogos online ajudem no aprendizado de programação

Published

on

Integrar estudos com games pode ser uma estratégia interessante para crianças e adolescentes aprenderem habilidades cruciais

Nem sempre o processo de aprendizagem é fácil para crianças e adolescentes, mas ele se torna mais simples, envolvente e motivador ao incorporar elementos lúdicos e desafios interativos. Jogos online se mostraram ferramentas poderosas para o aprendizado da programação entre os jovens, por exemplo. Podemos encontrá-los em uma variedade de plataformas, como computadores, celulares, tablets, TVs, consoles portáteis e até mesmo nas redes sociais. 

“Usar jogos como ferramenta de aprendizado na programação oferece uma abordagem dinâmica e eficaz para aquisição das habilidades desse campo. Eles proporcionam um ambiente divertido e participativo, que desenvolve a capacidade de resolver problemas, aprimora a lógica e estimula a criatividade. A tecnologia faz com que os alunos fiquem mais motivados para absorver e aplicar os conceitos de programação”, comenta Henrique Nóbrega, diretor fundador da Ctrl+Play, escola de programação e robótica para crianças e adolescentes.

O especialista aponta benefícios importantes dos jogos eletrônicos no estudo da programação. Confira:

Como jogador: resolução de problemas

Os jogos costumam incorporar elementos de quebra-cabeças e desafios, que exigem habilidades de resolução de problemas por parte dos jogadores. Ao se depararem com esses desafios, os indivíduos são estimulados a desenvolver o pensamento lógico e abstrato. Essas habilidades são fundamentais no campo da programação, já que os desenvolvedores precisam criar algoritmos e soluções para uma variedade de problemas, apresentando uma oportunidade potencial para os alunos exercitarem sua engenhosidade.

Como desenvolvedor: estímulo à criatividade

Aprender programação por meio de games significa que os jovens podem moldar o ambiente do jogo de acordo com sua visão e preferências, o que estimula a expressão individual. Além disso, a criação de novos elementos dentro do jogo abre espaço para a inovação na programação, pois os alunos desenvolvem soluções exclusivas para implementar suas ideias.

Como estudante: motivação inicial

Ao oferecer recompensas imediatas e desafios, os jogos encorajam alunos a continuar e a superar dificuldades. Integrar a aprendizagem de programação em um ambiente divertido, gamificando as lições, faz com que eles sejam naturalmente atraídos para este processo de estudos. Isso significa que se envolvem de forma mais ativa e entusiástica, o que pode resultar em um aprendizado mais eficaz. 

“Os jogos não precisam ser vilões na jornada do aprendizado da programação, mas sim aliados poderosos. Por meio de escolhas estratégicas, plataformas educacionais e projetos inspirados, é possível transformar o tempo de lazer em uma ferramenta para aprimorar habilidades técnicas. Jogos podem ser verdadeiros heróis”, finaliza Henrique. 

Continue Reading
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times