Connect with us

Lipoaspiração lidera o ranking e aumenta em 32% a procura

Published

on

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Segundo uma pesquisa da  Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional São Paulo – o procedimento para retirar gordura localizada lidera o ranking das plásticas estéticas.

Ficando atrás da mamoplastia (88%), implante de silicone (86%), rinoplastia (74%), plástica nas pálpebras (70%), rejuvenescimento facial (69%), redução de orelhas (60%) e ginecomastia (57%), a lipoaspiração cresceu a  procura nos consultórios médicos, chegando a um aumento de 32% em relação aos últimos 5 anos.

Desejo de ter o corpo ideal! Essa é a motivação que leva mulheres e homens recorrerem à lipoaspiração. Entretanto, é importante que os pacientes tenham em mente que este procedimento não é uma cirurgia para emagrecer, e sim, para modelar o corpo e reduzir medidas. Quem explica o cirurgião plástico Dr. Marco Cassol, da capital paulista. O médico ainda acrescenta que aqueles que têm como objetivo perder peso devem investir em dietas e exercícios. “Podemos dizer que a lipo é a cereja do bolo, é apenas para dar o último retoque naquela gordurinha que restou fora do lugar”, completa.

Além disso, um dos motivos que aumentou a procura pela lipoaspiração é a melhora do poder aquisitivo. Hoje, a cirurgia plástica não é restrita apenas à classe A, o levantamento demonstra que 47% dos pacientes são da classe B, enquanto 25% da classe A e outros 25% da classe C.

Advertisement

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times