Connect with us

Martin Luther King Jr

Published

on

Amanda

Martin Luther King Jr

Um exemplo de um grande líder, Martin Luther King Jr. é reconhecido pela busca de seus ideais contra a desigualdade racial. Promoveu calorosos discursos e protestos e tornou-se uma personalidade no ativismo contra a opressão racial.

Nascido em 15 de janeiro de 1929, na Geórgia, EUA, Martin – registrado como Michael King – era filho de Martin Luther King e Alberta Williams King e tinha dois irmãos, Willie Christine e Alfred Daniel. No fim da adolescência, entrou para o seminário após concluir que “a Bíblia tinha muitas verdades das quais não se pode escapar”.

Martin era filho e neto de pastores protestantes batistas e iniciou seus primeiros estudos em escolas públicas segregadas. Em 1948, graduou-se no renomado Morehouse College.

Em 1954, Martin iniciou seu ministério pastoral em Montgomery, no Alabama, e formou-se em teologia pelo Seminário Teológico Crozer, concluindo o doutorado em filosofia pela Universidade de Boston no ano de 1955. No seminário conheceu sua esposa, Coretta Scott, com quem teve quatro filhos.

O caso Rosa Parks em Montgomery

Advertisement

Em 1955, as leis norte-americanas ainda permitiam a segregação racial nos transportes, restaurantes e locais públicos, restringindo o acesso de pessoas negras a esses locais. E foi através da quebra deste protocolo que as normas foram revistas pela Suprema Corte.

Em 1 de dezembro daquele mesmo ano, Rosa Parks, uma costureira negra norte-americana nascida em 4 de fevereiro de 1913, recusou-se a ceder seu lugar a um branco no ônibus, o qual exigiu que ela se levantasse do assento. Martin Luther King Jr. envolveu-se no caso, promovendo um boicote contra as empresas de ônibus que durou 381 dias e chegou a ser preso.

Rosa tornou-se um símbolo do movimento liderado por Martin e enfrentou ameaças de morte, obrigando-a a mudar de estado, pois não conseguiu uma oportunidade de emprego após seu ato de coragem, que até hoje chancela seu reconhecimento como mãe do movimento moderno pelos direitos civis. Nessa época, Rosa Parks era membro da NAACP, uma antiga organização na luta contra a igualdade racial nos Estados Unidos.

Em 1999 Rosa foi homenageada pelo então presidente Bill Clinton com a Medalha de Ouro do Congresso, o maior título que um cidadão norte-americano pode receber do governo.

O pastor Martin Luther King Jr.

Advertisement

Os ideais de Martin sobre justiça e amor ao próximo foram fortemente influenciados por Mahatma Gandhi e não se afastaram do seu chamado como pastor.

Em 1957 tornou-se presidente da CLCS – Conferência da Liderança Cristã do Sul -, atuando mais firmemente como defensor dos direitos civis de forma pacífica.

Em 1964 recebeu o prêmio Nobel por suas contribuições aos direitos civis nos Estados Unidos, os quais repercutiram no mundo inteiro.

Seu discurso mais conhecido, “Eu tenho um sonho” (I have a dream), foi pronunciado em 1963 no Lincoln Memorial, em Washington.

Morte do líder

Advertisement

Odiado por quem defendia a segregação nos estados do sul dos Estados Unidos, Martin Luther King Jr. foi assassinado por James Earl Ray, em 4 de abril de 1968, pouco antes de participar de uma marcha dos coletores de lixo que estavam em greve, na cidade de Memphis.

No ano de 1986 foi estabelecido um feriado nacional, chamado de “Dia de Martin Luther King”, sempre na terceira segunda-feira do mês de janeiro. Somente em 1993 o feriado foi cumprido em todos os estados do país.

Quem aceita o mal sem protestar, coopera com ele.” – Martin Luther King Jr.


__________________________________________________________________________________________________________
Amanda Cordeiro. Editora Assistente do The São Paulo Times. É estudante de Jornalismo, instrutora de inglês e atualiza a sua coluna Biografias todas as quintas-feiras. © 2014.

Advertisement

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times