Connect with us

O hiper-realismo de Rom Mueck

Published

on

claudia

O hiper-realismo de Rom Mueck

Começou no dia 20 de novembro, na Pinacoteca de São Paulo, a exposição do escultor australiano Rom Mueck, um dos artistas mais comentados do mundo atualmente. Com suas esculturas impressionantes e ricas em detalhes, Rom vem fazendo um grande sucesso por onde passa.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Filho de dois fabricantes de brinquedos, ele cresceu e aprendeu vendo os pais trabalharem, construindo bonecos, marionetes, brinquedos, etc. Pra quem ainda não conhece o artista, esta é uma grande chance.

No início de sua carreira, Rom trabalhava construindo marionetes e modelos para a televisão, tendo inclusive alguns destes exibidos no filme Labirinth.

Para a composição de suas obras Rom utiliza fibra de vidro, silicone, argila e resina. Os fios de cabelo e pelos, acreditem se quiser, são colocados um a um. E as vezes são retirados do próprio artista.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Além da exposição, haverá também a exibição de um documentário chamado: “Still Life: Ron Mueck at Work”, que mostra o artista trabalhando em seu ateliê e como funciona todo o seu processo de criação e concepção das obras.

Bom, eu já falei isso no começo da coluna, mas vale ressaltar.

Advertisement

A exposição está acontecendo na Pinacoteca e vai até o dia 22/02.

Pra quem quiser saber mais, é só clicar: http://www.pinacoteca.org.br

O site da Foundation Cartier também está exibindo um conteúdo bem extenso sobre Rom Mueck. Para quem quiser conhecer mais, segue o link: http://migre.me/n6ink

Este, sem dúvida é um passeio imperdível. Aproveitem. 😉

__________________________________________________________________________________________________________
Álvaro Carvalho, publicitário, estudante de teatro e apaixonado por música. Adora viajar, conhecer museus, lugares novos, comidas exóticas e todo tipo de entretenimento ligado a cultura e arte.

Advertisement

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times