Connect with us

O homem que ameaçou assassinar o presidente Obama

Published

on

Por Howard Koplowitz.

O Serviço Secreto dos EUA, prendeu um homem de 81 anos de idade no estado de  Wisconsin, que supostamente fez ameaças de querer matar o presidente Barack Obama, em uma estação dos correios em Richland Center.

Elwyn Nels Fossedal, 81, foi acusado de fazer ameaças contra o presidente dos Estados Unidos, de acordo com documentos judiciais federais divulgados.

De acordo com um depoimento, Fossedal estava na estação de correios em Richland Center, Wisconsin. Ele disse algo como: “Se o presidente Obama estivesse aqui, eu iria atirar nele e matá-lo agora.”

Advertisement

Fossedal foi interrogado por agentes do Serviço Secreto, que disse que não iria se retratar, repetiu as ameaças usando palavras diferentes, além de fazer varias ameaças adicionais ao presidente.

Durante a investigação, as autoridades federias descobriram que a esposa de Fossedal, que tinha 57 anos, morreu recentemente e os investigadores acreditam que ele estava substituindo a sua dor de perda com a raiva. “A investigação também revelou que Fossedal é proficiente no uso de várias armas de fogo”, de acordo com o depoimento.

Um agente do Serviço Secreto, que escreveu o depoimento disse que “essa é a provável causa para acreditar que Elwyn Fossedal foi conscientemente ameaçar o presidente dos Estados Unidos.”

Fossedal foi a tribunal federal, e em apenas 15 minutos o mandato de prisão foi aprovado.

De acordo com o Smoking Gun, o homem faz parte do movimento que diz que Obama não nasceu nos EUA e descobriu também que ele é fã de um rádio conservador que pede que Obama seja acusado sobre o Affordable Care Act.

Advertisement

© 2013, IBTimes.

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times