Connect with us

Odontologia ajuda a melhorar o rendimento nas atividades físicas

Published

on

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O esporte ganha cada vez mais espaço na vida das pessoas, haja vista o número de ciclovias em São Paulo. Nesta época do ano as academias estão lotadas, os parques ganham novos corredores e as lutas se destacam , pois têm atraído  muitos praticantes devido ao gasto calórico, como o MMA que desperta a atenção dos homens e as mulheres que preferem muay thai.

Como os dentes influenciam diretamente o desempenho das pessoas em atividades físicas, a odontologia pode ajudar a  melhorar o rendimento de todos, promovendo a saúde bucal, detectando fatores prejudiciais, como posicionamento dos dentes, respiração bucal, desordens na ATM (articulação têmporo-mandibular), alterações gengivais/periodontais, cáries e etc.

Dr. Normando Scarabottocirurgião dentista, expoente em Estética e Saúde Bucal, explica que problemas bucais  prejudicam  a respiração, uma vez que os dentes foram projetados para se encaixarem perfeitamente, como em uma engrenagem, mas quando isso não acontece toda a musculatura da região da cabeça e pescoço fica desequilibrada. “Quando as pessoas se exercitam é normal apertar com força os dentes, aumentando muito o esforço da estrutura dental”.

A respiração bucal compromete o rendimento das atividades físicas. Estudos na área Odontológica mostram que o atleta respirador bucal apresenta um rendimento 20% menor do que os que respiram pelo nariz. O Dr. Normando Scarabotto diz que a posição da língua define tudo, como consequência a mandíbula sofre, reduzindo a capacidade respiratória.

As cáries e gengivites também causam desconforto e influenciam o bem-estar de quem está se exercitando. O dentista diz que no caso das doenças periodentais, como a gengivite, oferece um grande risco de contaminação do músculo cardíaco, causando uma grave infecção chamada de endocardite bacteriana.

Advertisement

Cuidados que se deve ter com a saúde bucal:

§  Reservar 5 minutos (cronometrados) por dia para a escovação e fio dental, pois uma boa escovação depende de tempo. Com isso, o risco de infecções pode cair perto de zero.

§  Eliminar os hábitos de roer as unhas, morder tampas de canetas e os lábios ou qualquer hábito deste tipo. Pois, esses fatores podem gerar uma desordem na articulação da mandíbula e com isso muita dor.

§  Observar se está rangendo os dentes durante à noite, para isso peça para alguém próximo de você verificar.

§  Usar sempre o protetor bucal para os esportes, para evitar risco de sofrer qualquer impacto na face.

Advertisement

§  Consultar o dentista a cada seis meses.

Quem pratica esportes geralmente está atento a saúde e ao bem-estar, mas nada melhor que ganhar ainda mais qualidade de vida cuidando dos dentes.

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times