Connect with us

Poesias para sexta-feira

Published

on

poetica

Agora o The São Paulo Times conta com uma coluna dedicada à poesias chamada “Poética Urbana”.
Ela será publicada toda sexta-feira. Para colaborar envie sua poesia para poesias@saopaulotimes.com.br.

Pedreira
(Eliana Pichinine)

Lapidei
pedras
de
dúvidas
até
esculpir
asas

—-

Advertisement

Engano meu
(Eliana Pichinine)

o engano
é meu
ninguém
tasca

é capa
de chuva
em dia
ensolarado

é cama
dormindo
e a insônia
de pé

é sorriso
num
dia
enferrujado

Advertisement

é amor
imaturo
camuflado

é lágrima
na face
pela secura
dos olhos

é esperança
teimando
por um
regador

é brincadeira
que
virou
verdade

—-

Advertisement

Somos
(Eliana Pichinine)

somos
juntos
e
partidos
no
alvorecer
e
no
ocaso
de
nós
dois

—-

Perguntando
(Eliana Pichinine)

que temos
para a vida?

Advertisement

prato feito
ou
self-service?

—-

Bosque
(Eliana Pichinine)

Vou passear

pelos versos

Advertisement

enquanto

o sono

não vem

—-

Dia derramado
(Eliana Pichinine)

Advertisement

Não quero

mais chorar

pelo dia

d e r r a m a d o

Advertisement

Eliana Pichinine: Poeta carioca. Fez Graduação e Mestrado em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Seu blog: www.versoseanversofotogenicos.blogspot.com.br

__________________________________________________________________________________________________________
Poética Urbana. © 2014.

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times