Poesias para sexta-feira

Published

on

Agora o The São Paulo Times conta com uma coluna dedicada a poesias chamada “Poética Urbana”.
Ela será publicada toda sexta-feira. Para colaborar envie sua poesia para poesias@saopaulotimes.com.br.

Elétrica
(Cris de Souza)

Estou meio
Louca
Estou meio
Emotiva
Estou toda
Loucomotiva

(Cris de Souza)

Advertisement

—-

Cantiga de roda
(Cris de Souza)

O verso
Em vós
Faz florada
Aflora
Toda voz
Encantada

(Cris de Souza)

—-

Advertisement

Estrelado
(Cris de Souza)

Na gema
Do poema
O poeta
Geme
Às claras

(Cris de Souza)

—-

Data às claras
(Cris de Souza)

Advertisement

Nada
Custa
Declarar:
Nem tudo
Que calo
Vem a calhar
Nem tudo
Que calas
Volta a encalhar

(Cris de Souza)

—-

Extravio
(Cris de Souza)

Não lavro
sem desvio
Se não acho
o atalho:
Silencio.

Advertisement

(Cris de Souza)

—-

Déjà vu
(Cris de Souza)

Abra
O postal
De nossos
Anzóis:
O mundo
É sal
E estamos
Onde?

Advertisement

__________________________________________________________________________________________________________
Poética Urbana. © 2014.

Trending

Sair da versão mobile