Connect with us

Produtores reduzem idade de abate para aumentar rentabilidade

Published

on

Em busca de maior rentabilidade, o pecuarista brasileiro está aumentando a produtividade do rebanho, seja pelo uso de pacote tecnológico como pela redução gradual da área de pastagens. Para 2014, as estimativas da Agroconsult, organizadora do Rally da Pecuária, apontam crescimento conservador de 300 mil cabeças terminadas em confinamento no país e redução gradativa na idade de abate. “Os pecuaristas tem buscado aprimorar a tecnificação, com a melhoria de alimentação, genética e manejo do rebanho”, explica Maurício Palma Nogueira, coordenador geral do Rally da Pecuária 2014.

Nos números divulgados antes do início da expedição, a serem conferidos em campo, a Agroconsult estima que o total de bois terminados com idade bem avançada (acima de 40 meses) seja inferior a 2 milhões em 2014. A significativa redução da idade de abate, o aumento na velocidade da oferta de animais para abate, a elevação da eficiência do confinamento e o uso cada vez maior de tecnologia indicam uma perspectiva de aumento de quase 2% na produção de carnes no país neste ano. Esse cenário deverá ocorrer mesmo em ano onde a expectativa é de retenção de matrizes.

Com foco na avaliação das condições da bovinocultura nas principais regiões produtoras, o Rally da Pecuária, maior expedição técnica privada do Brasil, vai a campo a partir de Campo Grande (MS) nesta 6ª feira, dia 25 de abril, para realizar um levantamento completo, in loco, das áreas de cria, recria, engorda e confinamento das fazendas de pecuária.

As cinco equipes técnicas do Rally visitarão propriedades em Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Pará, Mato Grosso e Rondônia – que respondem por mais 75% do rebanho bovino nacional e 85% da produção de carne -, mapeando e fotografando pastagens para obter informações como homogeneidade do pasto, volume de massa, população de plantas, altura do capim, presença de erosão, plantas invasoras, além de um histórico de utilização dessas pastagens relatado pelos pecuaristas. No total, serão 164 municípios percorridos em cerca de 40 mil quilômetros.

Advertisement

Em encontros agendados com cerca de 120 pecuaristas, técnicos do Rally conduzirão entrevistas qualitativas e quantitativas para levantar, entre outros dados, áreas de pastagem e de agricultura em cada propriedade, total de cabeças de gado, confinamento, índices de fertilidade, natalidade e mortalidade, manejo sanitário e de pastagens e comercialização de animais. “Queremos estreitar o relacionamento com produtores, difundir conhecimentos e tecnologias que melhorem o resultado do pecuarista e contribuam para a melhoria da base estatística disponível”, explica André Pessôa, sócio diretor da Agroconsult.

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times