fbpx
Monday, April 6, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


120 mil apartamentos de SP vão receber redutores de vazão

Cento e vinte mil apartamentos de 1,7 mil condomínios residenciais localizados na capital paulista, ABC, Guarujá, Bertioga e Campinas vão…

By Redação , in São Paulo The São Paulo Times , at 07/03/2015

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Cento e vinte mil apartamentos de 1,7 mil condomínios residenciais localizados na capital paulista, ABC, Guarujá, Bertioga e Campinas vão receber redutores de vazão de água. A iniciativa é da Lello, empresa líder em administração condominial no Estado de São Paulo.

A administradora já iniciou a entrega de 20 mil redutores para cinco mil apartamentos da região de Moema, na zona sul da capital paulista, onde foi identificada maior dificuldade na redução do consumo de água e menor sensibilização dos moradores em relação ao período de crise hídrica.

Serão quatro redutores por apartamento. Cada um deles permite uma economia de 20% por torneira. Junto com os kits, a Lello disponibilizará um guia com o passo a passo da instalação.

Os moradores dos demais condomínios administrados pela empresa deverão receber os redutores de forma gradativa, nos próximos meses.

A distribuição dos redutores faz parte da campanha de sensibilização dos condôminos quanto à importância do uso racional da água. Na maioria dos condomínios não há hidrômetros individuais nos apartamentos, e o valor da conta é dividido entre todos igualmente.

“O morador de apartamento normalmente não faz ideia de quanto gasta com água, porque ele não recebe uma conta individualizada apontando o consumo do mês em sua unidade. Por isso uma economia mais efetiva nos condomínios de São Paulo só será possível por meio de uma grande mobilização, que consiga engajar de fato os moradores”, afirma Raquel Tomasini, gerente da Lello Condomínios.

Segundo ela, é importante que os moradores ajudem o condomínio a economizar água, para auxiliar a combater a crise hídrica e também ser beneficiado com o bônus da Sabesp.

Ainda conforme a Lello, a água representa a segunda maior despesa de um condomínio, respondendo por 15% a 17% da cota paga mensalmente pelos moradores.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *