fbpx
Tuesday, May 26, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


5 dicas essenciais para escolher a escola do seu filho

No final do ano, muitos pais avaliam a escola em que seus filhos cursaram o último ano letivo. A partir…

By Redação , in Brasil News & Trends , at 27/08/2019

No final do ano, muitos pais avaliam a escola em que seus filhos cursaram o último ano letivo. A partir disso, a dúvida sobre mudá-lo de colégio pode surgir, entretanto, é preciso saber quais critérios são os mais importantes para serem levados em consideração.

Em primeiro lugar, é importante ter a consciência de que não existe uma fórmula mágica. “O que deve ou não ter relevância nessa hora varia de família para família. Cada uma tem suas prioridades e um fator que seja importante para ela não necessariamente é tão essencial para uma outra”, afirma Carla Oliveira, diretora do Colégio Anglo 21.

Segundo a especialista, é válido analisar o que a família procura para o filho nessa mudança, considerando o que incomodava na escola anterior e que seria imprescindível na futura instituição.

Confira as principais dicas para escolher a escola do seu filho:

1. Localização

Carla afirma que é importante escolher uma escola perto de casa. Muitos colégios oferecem cursos extras e atividades fora do horário de aulas. Esse fator pode facilitar o cotidiano tanto do estudante, que perderá menos tempo no transporte e poderá se dedicar mais aos estudos, quanto o dos pais na hora de levá-los.

Além disso, quanto mais perto da escola o aluno morar, caso estude no período da manhã, mais tarde poderá acordar, de forma que poderá se sentir mais disposto ao longo do dia.

2. Proposta pedagógica

“É importante conhecer a proposta pedagógica da escola para ver se está de acordo com aquilo que os pais acreditam, e aquilo que, para eles, é o melhor para seu filho”. Cada período da formação conta com uma proposta diferente e, cabe aos pais, pesquisá-las nessa fase.

Atualmente, muitas famílias buscam, por exemplo, um colégio que esteja alinhado com as chamadas competências do século 21, pois estudos apontam que não basta o estudante saber todas as fórmulas e conceitos das disciplinas, mas que saiba aplicar esses conhecimentos na própria vida. Verifique se a instituição está atualizada nesse sentido.

3. Ambiente

“É importante que os pais visitem a escola, conheçam o ambiente e vejam se gostam. Vale também levar os filhos para ver se eles se sentem bem naquele lugar”. Lembre-se que a criança ou jovem passará boa parte dos seus dias ali, então é importante que ele se sinta confortável.

Outra sugestão é questionar o coordenador ou diretor sobre detalhes mais práticos, como a quantidade de alunos por sala e o corpo docente do colégio.

4. Espaço físico apropriado para a faixa etária

Avalie se os ambientes dentro da escola não oferecem algum perigo à faixa etária do aluno. Esse cuidado é muito importante, principalmente, quando se trata de crianças pequenas. Durante a visita à escola, repare nos espaços reservados para brincadeiras, leitura e as próprias salas de aula.

5. Filosofia

Segundo Carla, é importante que a escola tenha uma filosofia parecida com a filosofia de vida dos pais. “Não dá para ser muito diferente”, afirma.

Avalie que tipo de educação você deseja e se seus valores e crenças são compatíveis com a da escola. Considere também o perfil do seu filho, de forma que os interesses dele sejam respeitados.

Não se esqueça que será nesse ambiente que seu filho irá crescer, fazer amigos e aprender, ou seja, que será responsável por boa parte da sua construção pessoal, social e acadêmica.

Sobre o Anglo 21 – Localizado na Zona Sul de São Paulo, o Anglo 21 foi o primeiro colégio do Grupo Anglo, pertencente à SOMOS Educação. A escola, que atende todos os segmentos da educação básica, do Infantil ao Médio, concentra práticas pedagógicas modernas e inovadoras, necessárias para o estudante do Século XXI, alicerçadas na tradição e força da marca Anglo. Assim, compromete-se com o desenvolvimento integral de crianças e jovens, a fim de que o mundo possa contar com cidadãos ainda mais responsáveis e conscientes de sua atuação na sociedade, trabalhando para a formação humanista, estimulando valores de responsabilidade individual, social, ambiental, para a capacidade de resolver problemas e para o desenvolvimento de soluções criativas no dia a dia.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *