fbpx
Thursday, July 9, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


A obrigatoriedade do ser 100% a todo o momento

A obrigatoriedade do ser 100% a todo o momento Ontem saí para jantar com uma amiga que me perguntou como…

By Redação , in Brasil Coluna São Paulo , at 21/05/2014 Tags:,

Camila

A obrigatoriedade do ser 100% a todo o momento

Ontem saí para jantar com uma amiga que me perguntou como estava a Portrait. Respondi que, entre as maravilhas de escrevê-la, há sim uma dificuldade: a obrigatoriedade de se ter uma opinião formada sobre tudo toda semana. Haja fatos, histórias e informações sobre as quais se tenha, não só conhecimento, mas interesse suficiente para aprofundamento e opinião para então escrever para vocês.

Que fique claro, isso não é uma reclamação, de forma alguma. Mas uma dificuldade: como ter assuntos diferentes a todo o momento, inspiração para um texto magnífico a toda hora. A vida não é assim de forma geral. A vida não é como o Facebook, onde a maior parte do tempo temos um sorriso no rosto e disposição 24/7. A vida exige também sono, descanso e solidão.

Mas é exatamente o contrário que esperam sempre de nós: o melhor profissional, o melhor amigo, o melhor filho, o melhor irmão, o melhor namorado. Esperam de nós (e esperamos dos outros) a disposição para darmos sempre o nosso melhor, mesmo sabendo que não é possível tê-lo a todo o momento.

Ninguém é 100% sorriso e final feliz. Nem todo mundo nasceu Gisele Bündchen: não é todo mundo que acorda lindo, perfumado e penteado. Na verdade, a maior parte das pessoas precisa de um bom banho e alguns minutos para se transformarem em quem a gente está habituado a ver.

Fácil é perceber no outro a sua generosidade, a sua alegria, a sua disposição, o seu sorriso, o seu bom humor, a sua parceria. Difícil é estar consciente de que nem sempre é assim: há dias em que se acorda já cansado, com menos pique, um certo mau humor. Há dias em que não se quer ajudar e pegar no colo, mas se quer receber o cafuné. Em que não se quer servir o jantar, mas ser convidado para sair pra comer fora.

É assim a vida de quem escreve, de quem faz cálculo, de quem cria, de quem batalha, de quem cuida de casa, de qualquer pessoa. É assim que, ao tentar lidar com a própria incapacidade de se estar 100% do tempo a 100% do que os outros esperam de você, se reconhece humano e se pede, com jeitinho, desculpa pela dificuldade de surpreender positivamente 100% das vezes.

__________________________________________________________________________________________________________

Camila Linberger é relações públicas, sócia-diretora da Get News Comunicação, agência de comunicação corporativa e assessoria de imprensa sediada em São Paulo. © 2013.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *