fbpx
Tuesday, October 20, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Alimentação escolar do Brasil inspira governo de Bangladesh

Após visitar o país, Bangladesh vai seguir a estratégia brasileira e fornecer refeições em vez de biscoitos para as crianças…

By Redação , in Brasil Mundo The São Paulo Times , at 03/11/2014

Após visitar o país, Bangladesh vai seguir a estratégia brasileira e fornecer refeições em vez de biscoitos para as crianças nas escolas, alcançando 10,9 milhões de crianças.

Visita de estudos de Bangladesh ao Brasil. Foto: PMA
Visita de estudos de Bangladesh ao Brasil. Foto: PMA

Após visitar o Brasil, o governo de Bangladesh lançou um plano de reestruturação de seu programa de alimentação escolar em escala nacional. O país vai seguir a estratégia brasileira e fornecer refeições em vez de biscoitos para as crianças nas escolas.

Bangladesh está elaborando uma nova Política Nacional de Alimentação Escolar, que será finalizada em dezembro 2015. O plano é atender 10,9 milhões de crianças matriculadas em 63 mil escolas do país.

Uma delegação de Bangladesh viajou ao Brasil em outubro de 2012, em uma visita de estudos organizada pelo Centro de Excelência contra Fome do Programa Mundial de Alimentos (PMA). Juntos, os países elaboraram um Plano de Ação para promover a proteção social em Bangladesh.

Durante o Fórum Global de Nutrição Infantil (GCNF 2014), em Joanesburgo, na África do Sul, o governo de Bangladesh também solicitou que o Centro de Excelência contra Fome envie um consultor a Bangladesh entre janeiro e fevereiro de 2015 para apoiar a organização de um workshop nacional sobre o tema.

Recentemente, no dia 14 de outubro, o jornal Ittefaq, de Bangladesh, publicou um artigo sobre o assunto com uma entrevista do assistente chefe sênior do Ministério da Educação local, Imtiaz Mahmud. Ele destacou os modelos de alimentação escolar brasileiro e indiano.

“A Índia, país vizinho, fornece diariamente refeições para 170 milhões de crianças nas escolas. Eles estão arcando com a maior parte dos custos a partir de tributação extra de cigarros e ligações telefônicas. O programa de alimentação escolar no Brasil gerou uma revolução na agricultura do país. Muitos plantios e colheitas passaram a acontecer em áreas próximas dos centros escolares para suprir as necessidades de ingredientes e vegetais das refeições”, afirmou Mahmud.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *