fbpx
Tuesday, September 22, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Alunos brasileiros apresentam curta-metragem na Cinemateca Francesa

Os alunos do 5º e 8º ano da Escola Carlitos apresentaram nesta quinta-feira, 9, curtas-metragens na Cinemateca Francesa, em Paris….

By Redação , in Mundo News & Trends São Paulo The São Paulo Times , at 09/06/2016

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Os alunos do 5º e 8º ano da Escola Carlitos apresentaram nesta quinta-feira, 9, curtas-metragens na Cinemateca Francesa, em Paris.

Os filmes tratam de questões pertinentes ao universo adolescente como o bullying e o luto pela perda dos pais. Os curtas “Gritos do Passado” e “O Outro Lado da Praia” foram produzidos pelo 5º ano e “À Minha Volta” por alunos do 8º Ano.

Na cidade desde de domingo, 05, os estudantes vivem o quotidiano parisiense, visitando pontos turísticos para entrar no clima da apresentação.

A atividade faz parte do Projeto Aprendiz de Cinema, que cria as condições para vivenciar o encontro com o cinema enquanto arte, desenvolvendo um olhar crítico sobre a prática de criação cinematográfica. Os alunos começaram os estudos e exercícios sobre cinema em de setembro do ano anterior. O roteiro começa a ser desenvolvido em fevereiro.

A presença do Cinema no currículo da Escola Carlitos reafirma verdadeiramente o respeito da instituição pela sétima arte, já expresso em seu nome.

O projeto cria as condições para que o aluno possa vivenciar o encontro com o cinema enquanto arte. Acontece em torno de atividades de naturezas diversas que propiciam o olhar crítico, o diálogo com outras formas de expressão e a experiência prática de criação cinematográfica. Todos os alunos da escola são envolvidos nessas atividades vivenciando, ao longo do percurso escolar, as diferentes maneiras de abordar o cinema e aprendê-lo.

O trabalho de educação por meio da imagem exige, necessariamente, que os alunos assistam anualmente, em salas de cinema, a pelo menos três filmes que contribuam à formação de uma cultura cinematográfica. Entende-se a sala de cinema não só como um lugar de divertimento, mas, antes de mais nada, como um espaço fundamental de experiência artística cinematográfica e, portanto, integrada às finalidades da escola no desenvolvimento de uma pedagogia da educação pela imagem. O objetivo é que o aluno seja capaz de exercer um olhar crítico e reflexivo ao compartilhar a alegria criadora dos cineastas num espaço coletivo.

Além de ver filmes, os estudantes realizam experiências cinematográficas, que estimulam o gesto criativo de fazer cinema. Criam pequenos filmes de animação, o que propicia o conhecimento de diferentes técnicas e a descoberta da mágica das imagens em movimento. As criações dos alunos relacionadas ao cinema tornam-se públicas normalmente em encontros anuais.

Confira algumas fotos da apresentação:

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *