fbpx
Thursday, June 4, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Amazônia volta a mandar umidade para o centro-sul do Brasil e traz o retorno das chuvas

A Amazônia é a maior floresta tropical do mundo e possui a maior biodiversidade. Mas não é apenas nestas grandezas…

By Redação , in Brasil Tecnologia e Ciência , at 07/09/2014

Foto: Wikimedia
Foto: Wikimedia

A Amazônia é a maior floresta tropical do mundo e possui a maior biodiversidade. Mas não é apenas nestas grandezas que o bioma se torna especial e essencial para a vida na Terra. A umidade que vem dela é responsável por provocar chuvas em várias regiões da América Latina. E é justamente nesta época do que esta umidade traz o retorno dos temporais para o Brasil.

As plantas possuem um mecanismo de evapotranspiração, isso quer dizer que além de jogar oxigênio na atmosfera, elas também mandam vapor de água. Na região equatorial, onde fica a floresta Amazônia, existe o encontro dos ventos vindos dos Hemisférios Norte e Sul, que carregam a umidade.

“Porém, as nuvens de chuva vão para o oeste, na direção do Oceano Pacífico, só que a Cordilheira dos Andes barra essa umidade e faz com que ela desça para a região centro-sul da América do Sul e provoque chuvas no Centro-Oeste e dê sustentação para as frentes frias que passam no Sul e Sudeste”, explica a meteorologista Olívia Nunes, da Somar Meteorologia.

Esse transporte de umidade da Amazônia para as outras regiões do Brasil ocorre normalmente na primavera e no verão. No inverno, que é uma estação seca, as plantas não param de soltar vapor de água na atmosfera, mas existe a atuação de um fenômeno meteorológico, chamado de Alta Subtropical do Atlântico Sul, uma área de alta pressão atmosférica, que impede a formação de nuvens de chuva.

Essa alta, fica no Oceano durante o período chuvoso e entre o fim do outono e o inverno, ela avança para o continente e faz com que a umidade da Amazônia fique mais próxima da Cordilheira dos Andes.

A Amazônia é um fator muito importante para o regime de chuvas no Brasil. Com a volta da umidade para o centro-sul do país, as precipitações permitem o plantio da safra de grãos do Centro-Oeste, além de mandar mais umidade para o Sudeste e Sul, que terão chuvas mais fortes e frequentes a partir de agora. Nessas duas regiões, a água que vêm do céu beneficia a agricultura, além da produção de energia e abastecimento.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *