-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-

Atividades físicas antes e após a cirurgia plástica são recomendadas

em Esporte/Saúde & Bem-estar por

cirurgiaCom o inverno, o número de cirurgias plásticas aumenta, mas também aumenta a preguiça de praticar atividades físicas, que além de fazer bem para a saúde é fundamental no Pré e Pós-operatórios.

Se no inverno o número de cirurgias plásticas aumenta, a vontade de comer não fica atrás para a maioria das pessoas e o aumento de peso pode prejudicar o resultado e a recuperação das plásticas. “Algumas cirurgias plásticas só podem ser realizadas após a perda de alguns quilos, por isso, apresentar boa forma física antes do procedimento ajuda nos resultados esperados”, explica Dra. Edith Horibe, cirurgiã plástica, PhD pela Faculdade de Medicina da USP, expoente em Estética Médica e Gestão da Idade.

A cirurgia plástica sozinha não faz milagres, ela integra um plano de bem-estar, que inclui atividade física e dieta alimentar balanceada. Se a pessoa não seguir esta linha, a tendência é que volte a engordar e a ficar insatisfeita.

A Dra. Edith Horibe ressalta que uma academia de ginástica associada à clínica de estética é essencial, pois quem passa por uma abdominoplastia que apresenta bom resultado, ao fazer depois abdominais ficará com os músculos desta região fortalecidos, complementando o resultado cirúrgico.

Para cirurgias de Lipoescultura ou Lipoaspiração, que são ligadas ao contorno corporal, os exercícios são fundamentais já que os músculos estão abaixo da gordura e da pele, se estiverem tonificados, o resultado será muito melhor, além de contribuírem para a prevenção da flacidez muscular, pois melhoram a circulação sanguínea da pele, o que proporciona mais elasticidade.

No entanto, a médica esclarece que não se pode descuidar do pós-operatório. É preciso respeitar o tempo de repouso, que varia de cirurgia para cirurgia e de paciente para paciente. “Após uma cirurgia plástica, o paciente não pode sair por aí fazendo exercícios físicos por conta própria, principalmente se ainda existirem pontos na região operada, é preciso acompanhamento  médico e de um orientador físico para decidirem quando é a hora de retomar os exercícios”, diz Dra. Edith Horibe.

Quando o assunto é cirurgia, mesmo que estética, o paciente precisa estar consciente dos cuidados relacionados com o pós-operatório, às vezes é necessário a ajuda dos fisioterapeutas e da tecnologia.

Para a Dra. Edith Horibe, o ideal é não ter pressa, pois mesmo o pós-operatório sendo otimizado pede um tempo de recuperação do paciente e é tão importante para o resultado final quanto a própria cirurgia. Tudo deve ser seguido à risca para evitar cicatrizes inestéticas, inflamações, inchaços e outras complicações.

A prática de atividades físicas beneficia:

HDL (Colesterol bom)

Massa óssea

Força e resistência muscular

Resistência à fadiga

Capacidade de concentração

Qualidade do sono

Humor

Resistência Imunológica

Desempenho sexual

Produtividade no trabalho

loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*

Últimos de Esporte

Voltar p/ Capa