fbpx
Tuesday, October 20, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


“Carta para Jack” é indicado ao Prêmio Renato Castelo Branco, da ESPM

Em 2005, a faculdade ESPM, por meio da entidade ESPM Social, criou e instituiu um prêmio de publicidade diferente, em…

By Redação , in News & Trends , at 15/04/2016

Em 2005, a faculdade ESPM, por meio da entidade ESPM Social, criou e instituiu um prêmio de publicidade diferente, em que os concorrentes não se inscreviam, eles eram indicados. Uma premiação não só da criatividade, mas da propaganda a serviço da sustentabilidade.

A campanha “Carta para Jack” desenvolvida pela ONG Bandeiras Brancas junto à agência de propaganda capixaba 21 Gramas está sendo indicado como um dos finalistas no Prêmio Renato Castelo Branco. “Esta é a nossa segunda indicação ao prêmio, ficamos contentes que nosso trabalho vem sendo reconhecido ano após ano”, afirma Brunno Barbosa, idealizador da campanha e da ONG Bandeiras Brancas.

“Estar ao lado de grandes marcas e agências mostra que nosso trabalho vem sendo reconhecido”, diz Ricardo Montenegro, sócio da agência 21 Gramas.

Recentemente a campanha foi destaque na mídia nacional e internacional em diversos países como EUA, Alemanha, França, Itália, Portugal, Bósnia, Polônia e Vietnam. O filme também ganhou versões em alemão, francês e inglês alcançando a marca de mais de 1 milhão de views em pouco mais de um mês.

O Prêmio Renato Castelo Branco elege as ações, peças e campanhas publicitárias – estudadas e indicadas pelos 7 mil alunos de graduação da ESPM das unidades São Paulo, Rio de Janeiro e Sul – que mais contribuíram, com excelência criativa, para a causa da responsabilidade socioambiental.

Realizada na cidade de São Paulo, a premiação conta com a participação de profissionais de marketing e comunicação das melhores empresas e agências de propaganda do País, incluindo também alunos da Escola e de outras universidades do Brasil.

Na campanha, Laura, uma menina de 8 anos revela em uma carta seus traumas e frustrações conforme o caráter do pai foi mudando. Segunda a menina, não apenas ela, mas a família inteira sofria com as atitudes. A menina relata dificuldades como ver a mãe passar fome, seu pai perder o emprego, e a violência doméstica.

O pedido final é que o suposto amigo de seu pai vá embora e deixe a família em paz. Ao terminar a carta, um final inesperado é revelado.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *