fbpx
Wednesday, June 3, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Dados inéditos demonstram a dificuldade dos brasileiros no acesso ao crédito

Mesmo com a ampliação da oferta de crédito anunciada pelo Banco Central no último mês – serão 25 bilhões de…

By Redação , in Brasil Negócios , at 06/09/2014 Tags:

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Mesmo com a ampliação da oferta de crédito anunciada pelo Banco Central no último mês – serão 25 bilhões de reais disponíveis no mercado, além dos 45 bilhões que já foram anunciados em julho – muitos brasileiros ainda estão distantes de conseguir um financiamento tradicional para a realização de seus sonhos.

Números inéditos comprovam que apenas uma minoria de brasileiros tem acesso a financiamentos. De 3.812 solicitações de cartões de créditos realizadas no site do MoneyGuru, apenas 3,77% foram aceitas pelos parceiros; e das 7.620 solicitações de empréstimos pessoais, apenas 1,4% foram aprovadas.

 Segundo Stanlei Bellan, consultor financeiro e CEO do MoneyGuru, há algumas alternativas  para os que desejam um bem, mas não se enquadram no perfil de consumidores que conseguem obter financiamentos. As principais alternativas são as cooperativas e os consórcios. Para Bellan, esta última é uma das melhores opções disponíveis para a realização do sonho de comprar a casa própria ou um carro: “Com um pouco de planejamento financeiro, o consórcio pode ser o caminho para muitos consumidores que ainda são barrados pela dificuldade de obtenção de crédito no Brasil. Uma das principais vantagens dessa modalidade é que a taxa administrativa é muita inferior aos juros praticados nos financiamentos”, afirma.

Eduardo e Christiane Pereira que o digam. Já tinham a casa própria e sonhavam em morar próximo à zona central de São Paulo. Christiane conta que não teve pressa e passou dois anos pesquisando as melhores formas de financiamento para conseguir comprar seu novo imóvel. “Depois de um longo aprendizado, chegamos à conclusão que o consórcio era a melhor opção para comprarmos um novo apartamento”, afirma Christiane. Ela levou um ano entre entrar no consórcio e dar o lance para, enfim, mudar-se para seu novo apartamento no Alto do Ipiranga.

Bellan afirma que outra vantagem do consórcio é que ele não exige aprovação de crédito ou entrada: “Isso torna essa alternativa viável para milhões de brasileiros que não conseguem adquirir um financiamento tradicional”. O consultor também alerta que, com a oferta de crédito anunciada pelo Banco Central, o momento é ideal para renegociar as dívidas ou, quem sabe, fazer a portabilidade do crédito para outras modalidades: “Esta grande oferta de crédito tornará o dinheiro mais barato, com juros mais baixos. Quem tiver dívidas, pode aproveitar o momento para renegociar e economizar um bom dinheiro”, completa.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *