fbpx
Friday, August 14, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Embaixada dos EUA e Polícia Federal unem esforços para combater pornografia infantil

De 02 a 05 de março, trinta agentes da Polícia Federal do Brasil, representando vinte e três estados brasileiros, participaram…

By Redação , in Brasil Mundo News & Trends The São Paulo Times , at 12/03/2015

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

De 02 a 05 de março, trinta agentes da Polícia Federal do Brasil, representando vinte e três estados brasileiros, participaram de um treinamento no uso de uma nova tecnologia para ajudar a combater a pornografia infantil. O treinamento foi patrocinado pela Divisão de Investigações de Segurança Interna (HSI) da Polícia de Imigração e Alfândega dos EUA (ICE), pelo Bureau de Assuntos Internacionais de Narcóticos e Aplicação da Lei do Departamento de Estado dos EUA (INL) e pela Polícia Federal do Brasil, que sediou o evento. Rodrigo de Souza Carvalho, diretor interino da Academia Nacional de Polícia; Diana Calazans Mann, chefe da Unidade de Repressão aos Crimes de Ódio e Pornografia Infantil pela Internet (URCOP); e a adida da HSI/ICE em Brasília, Cheryl Bassett deram início ao treinamento na cerimônia de abertura realizada em 02 de março na Academia Nacional de Polícia em Brasília.

O workshop de quatro dias propiciou treinamento prático no Sistema de Proteção Infantil (Child Protection System), software usado por agentes da lei do mundo todo para auxiliar na identificação de pessoas e grupos que trocam conteúdo de pornografia infantil online. Três policiais estaduais e municipais dos estados americanos do Mississippi e da Carolina do Norte, especialistas nesse software, viajaram ao Brasil para conduzir o treinamento. Child Rescue Coalition – organização não governamental com sede nos EUA que faz parcerias com defensores da aplicação da lei e de questões relacionadas com crianças no mundo todo para proteger, resgatar e salvaguardar crianças contra a exploração sexual – e concederam licenças gratuitas do software Child Protection System para a Polícia Federal do Brasil.

Durante a cerimônia de abertura, a adida da HSI/ICE em Brasília, Cheryl Bassett, afirmou: “Não há crime mais hediondo do que a exploração de crianças. Quando se trata de proteger crianças, a comunidade mundial de aplicação da lei está unida e pronta para combater esse mal”.

Diana Calazans Mann, delegada da Polícia Federal do Brasil, declarou: “O treinamento oferecido pelo governo dos EUA e pela Polícia Federal do Brasil permite a policiais federais utilizarem uma ferramenta de alta tecnologia. Os dois componentes – as ferramentas tecnológicas e a capacitação – contribuem para a eficácia das investigações e também ajudam a reduzir os níveis de criminalidade”.

O treinamento de quatro dias no software Child Protection System faz parte dos esforços contínuos da Missão Diplomática dos EUA no Brasil, por meio Divisão de Investigações de Segurança Interna (HSI) da Polícia de Imigração e Alfândega dos EUA (ICE), pelo Bureau de Assuntos Internacionais de Narcóticos e Aplicação da Lei do Departamento de Estado dos EUA (INL) para ajudar a Polícia Federal do Brasil e outros órgãos brasileiros responsáveis pela aplicação da lei a combater a pornografia infantil e a exploração de crianças.

Os órgãos brasileiros responsáveis pela aplicação da lei participam de maneira proativa em operações para proteger crianças e combater a exploração de crianças. A Polícia Federal brasileira incentiva a população a denunciar suspeitos de exploração de crianças e quaisquer atividades suspeitas pelo disque-denúncia gratuito Disque 100, denúncia sobre atividades envolvendo crimes online contra crianças pelo e-mail: [email protected], e ou pelo site http://denuncia.pf.gov.br.

Por meio de suas Operações Internacionais, a HSI tem 65 escritórios operacionais em 46 países. Os agentes especiais da HSI trabalham em conjunto com órgãos de segurança pública de outros países por meio de uma sólida rede de unidades especializadas de investigação conhecidas como Unidades de Investigação do Crime Transnacional. Além disso, a HSI leva agentes de outros países para serem treinados no Centro Federal de Treinamento Policial do Departamento de Segurança Interna dos EUA em Glynco, na Geórgia.

>> Pedofilia: ONG identifica e conscientiza mais de 70 mil pessoas na internet

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *