fbpx
Thursday, June 4, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Empresário ou empregado? Eis a questão

Desafiar a própria estrutura quando se é universitário é o dilema de muitos que ainda estão sentados nos bancos da…

By Redação , in Negócios , at 09/03/2015

Foto: UnfinishedBusiness_StarStock
Foto: UnfinishedBusiness_StarStock

Desafiar a própria estrutura quando se é universitário é o dilema de muitos que ainda estão sentados nos bancos da faculdade, mas que já sentem a necessidade de procurar seu lugar ao sol no mundo profissional. João, Leleco, Claudia e Caio cursam administração em uma universidade pública no Rio de Janeiro. Estão no último ano, às portas de tornarem-se profissionais e se depararem com os desafios da carreira. Abrir a própria empresa ou buscar uma colocação em uma multinacional? Optar por uma corporação já reconhecida ou investir a energia e crescer junto com uma empresa pequena? Como se posicionar num mercado ansioso? Como separar meta ou objetivo de sonho ou visão? A meta é fundamental e está a serviço do sonho – é necessário sempre deixar claro um do outro. Para o consultor J. Augusto Figueiredo, autor do livro “My Job – Doce Ilusão”, publicado pela Editora Évora, os desafios do recém-formado são grandes e merecem ser destacados e discutidos.

A história narra a saga dos quatro amigos que, prestes a sair da faculdade onde cursam administração, precisam encarar de forma clara e objetiva os anseios profissionais e o mercado onde vão atuar. J. Augusto Figueiredo apresenta questões como coaching, necessidade de networking, recolocação profissional, plano de negócios, programa de estágios e vida corporativa, além de auto-marketing e assédio.

O autor apresenta os personagens e os dilemas na fase de quase formados e, ao final de cada capítulo, propõe uma reflexão pertinente a cada assunto do que foi abordado. Durante a narrativa, Figueiredo traz a necessidade de se conseguir um mentor para cooperar na reflexão das experiências e as angústias que cercam os universitários a caminho da formação plena.

Os dilemas mais comuns desses jovens ou até mesmo dos profissionais que já atuam há um tempo no mercado, atualmente, convergem num único ponto: abrir seu próprio negócio ou continuar sendo empregado, montar um plano b de ação ou procurar uma empresa de recolocação.

O livro “My Job-Doce Ilusão” de J. Augusto Figueiredo está disponível nas livrarias e pelo site www.editoraevora.com.br.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *