fbpx
Tuesday, July 7, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Estudo associa Zika Virus a anormalidades oculares graves

Mais de 35% dos bebês brasileiros com microcefalia que participaram de um estudo publicado pelo JAMA (publicação científica médica) mostraram…

By Redação , in News & Trends Saúde & Bem-estar , at 15/02/2016

Foto: Wikimedia
Foto: Wikimedia

Mais de 35% dos bebês brasileiros com microcefalia que participaram de um estudo publicado pelo JAMA (publicação científica médica) mostraram sinais de uma infecção viral ativa nos olhos. Especialistas dizem que a situação é muito diferente do desenvolvimento ocular abaixo do esperado comum nos bebês com microcefalia. A ocorrência é semelhante ao que foi visto no passado, com o vírus Ebola e o vírus do Nilo Ocidental.

O estudo fornece evidências de que os efeitos da Zika não estão limitados ao cérebro, de acordo com o Professor de Yale de epidemiologia e medicina Dr. Albert Ko, que também é coautor do estudo.

Pesquisadores avaliaram durante 21 dias os bebês que nasceram com cabeças menores do que 32 centímetros, em dezembro, no Hospital Roberto Santos Geral, em Salvador (BA). Todos os bebês foram projetados para outras doenças que podem causar microcefalia, tais como toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus, vírus do herpes simples, sífilis e HIV. Porém, seis das mães tinham apresentado sinais de infecção Zika durante suas gravidezes; no entanto, quatro em cada cinco pessoas com Zika não têm sintomas.

Além dos olhos, o Zika está também causando lesões auditivas. Segundo o médico de Yale, estão sendo observadas lesões de uma infecção congênita em bebês nas cabeças de tamanho normal, logo acredita-se que a infecção pode ter impactos importantes sobre a evolução cognitiva e outras questões.

Para conceder entrevistas, gostaríamos de oferecer como fonte o Dr. Heron Werner, ginecologista, obstetra e especialista em Medicina Fetal do Alta Excelência Diagnóstica. Dr. Heron é um experiente e renomado médico em sua área de atuação e poderá responder a todas as dúvidas referentes aos impactos do Zika Vírus em bebês recém-nascidos.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *