fbpx
Tuesday, November 24, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Evite a perda auditiva precoce usando protetores de ouvido

A vida hoje está cada vez mais agitada. E barulhenta. Pessoas com boa saúde, mesmo sem saber, são vítimas dos males causados…

By Redação , in Saúde & Bem-estar , at 07/01/2016

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A vida hoje está cada vez mais agitada. E barulhenta. Pessoas com boa saúde, mesmo sem saber, são vítimas dos males causados pelo barulho do dia a dia. Enfrentamos altos ruídos em toda a parte, seja nas ruas, no trânsito, em boates, ao usar fones de ouvido para ouvir música, em algumas atividades profissionais e até mesmo dentro de casa, ao utilizar o secador de cabelos, o liquidificador, o aspirador de pó, ou simplesmente assistindo TV ou ligando aparelhos de som em alto volume.

A exposição contínua a sons acima de 80 decibéis sem nenhuma proteção auditiva pode causar, ao longo dos anos, uma perda gradual da audição, de acordo com a predisposição de cada indivíduo. E o que é pior: não se recupera a capacidade de ouvir. O dano auditivo é irreversível.

Isabela Carvalho, fonoaudióloga da Telex Soluções Auditivas, lembra que uma pequena dificuldade de ouvir, em determinadas situações, já é um sinal de alerta, e o melhor é procurar logo um médico otorrinolaringologista.

“O médico vai diagnosticar se já existe algum problema e qual o grau dessa perda auditiva. É bom advertir que quanto maior a frequência a ambientes barulhentos, maiores os riscos. Ruídos de 80 a 90 decibéis já começam a afetar os ouvidos. No entanto, vivemos em cidades com muito barulho de obras, trânsito, buzinas, metalúrgicas e ainda a música alta direto nos fones de ouvido. São fatores que, em conjunto, podem ser prejudiciais à audição”, explica.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Otologia, 30% a 35% das perdas de audição são consequência da exposição a ruídos diários. Por isso, atenção! Não são só aqueles que trabalham diretamente expostos ao barulho – como DJs, produtores musicais, operadores de áudio de emissoras de rádio, funcionários de alguns setores industriais – que devem fazer uso dos protetores de ouvido. Todos devem usá-los, em algumas atividades de nosso cotidiano.

Quando se vai a uma boate, a uma micareta ou atrás de trios elétricos, no carnaval; e até mesmo à uma academia de ginástica – onde muitos professores colocam a música em volume alto para estimular a malhação – usar protetores de ouvido é uma importante medida de prevenção para evitar a perda precoce da audição.

Os atenuadores, como são chamados, são leves e protegem a audição. Engana-se quem pensa que, ao usar o protetor, deixará de ouvir totalmente o som à sua volta. “Os atenuadores, como o nome diz, apenas reduzem o volume excessivo, mas quem os usa não deixa de ouvir o som ambiente”, esclarece a fonoaudióloga, que é especialista em audiologia.  Os protetores são moldados de acordo com a anatomia do ouvido de cada pessoa, e os da Telex, por exemplo, diminuem o barulho ambiente entre 15 decibéis e 25 decibéis, conforme a necessidade do usuário.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *