fbpx
Thursday, July 9, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Imóvel reformado vende mais rápido

Reformar o imóvel antes de vendê-lo pode ajudar a acelerar o fechamento do negócio. A dica é da Lello, empresa…

By Redação , in Brasil São Paulo The São Paulo Times , at 06/10/2015

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Reformar o imóvel antes de vendê-lo pode ajudar a acelerar o fechamento do negócio. A dica é da Lello, empresa líder em negócios imobiliários no Estado de São Paulo, com 18 filiais na capital paulista, ABC, litoral e interior.

Segundo ​Igor Freire, diretor​ de Vendas​ da imobiliária, quem coloca sua casa ou apartamento à venda disputa com muitas outras pessoas em sua região que também desejam vender o imóvel. Por isso é fundamental a realização de algumas intervenções físicas que podem dar velocidade ao fechamento do negócio.

“Vale reformar aquilo que ‘enche os olhos’, ou seja, a parte estética: pintar paredes com cores neutras para transmitir a ‘sensação de limpeza’ são medidas que sempre ajudam. Em relação às casas, se a fachada tiver pichações é essencial retirá-las, pois isso pode transmitir uma percepção de abandono do imóvel e até de insegurança”, afirma.

O especialista afirma que o ideal é entregar o imóvel com tudo em ordem, mas caso isso não seja possível é recomendável deixar isso claro ao comprador.

“O estado de conservação é fator fundamental na decisão de compra. Por isso mesmo é importante evitar rachaduras, infiltrações, mofo, sujeira e pinturas descascadas. O comprador quer experiências positivas na sua visita ao imóvel”, explica ​Igor. Ainda segundo ele, os armários do imóvel só irão interessar ao comprador se de fato estiverem em bom estado.

Segundo ​o diretor de Vendas da Lello, grandes reformas na estrutura do imóvel podem não valer à pena. Também não é recomendável gastar com itens adicionais como construir um quarto a mais, aumentar a garagem ou fazer uma cozinha americana, por exemplo. “E alterar a planta original do imóvel, nem pensar. Isso pode desvalorizar a unidade e até mesmo desagradar o comprador”, conclui.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *