fbpx
Monday, April 6, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Livro ilustrado conta a história de Anne Frank a partir do ponto de vista de uma árvore

Uma das obras mais importantes do século XX, “O diário de Anne Frank” tornou-se um símbolo dos horrores perpetrados pelo…

By Redação , in Cultura e Entretenimento Educação e Comportamento News & Trends , at 06/03/2017 Tags:

Uma das obras mais importantes do século XX, “O diário de Anne Frank” tornou-se um símbolo dos horrores perpetrados pelo nazismo durante a Segunda Guerra Mundial. O relato da adolescente judia que foi perseguida ao lado da família está há meses entre os livros mais vendidos no Brasil. Em “A árvore no quintal – Olhando pela janela de Anne Frank”, o autor Jeff Gottesfeld narra a história de Anne de forma lúdica e poética, a partir do ponto de vista de uma árvore.

 A árvore, um castanheiro-da-índia, existiu de verdade. É citada pela menina no diário, e sobreviveu por 172 anos. Ficava no quintal do terreno da fábrica de Otto Frank, em Amsterdã. Foi num anexo da fábrica que Anne e a família se esconderam durante a ocupação da Holanda.

No livro, Gottesfeld relata como a árvore gostava de observar os passos da menina; a via escrever no diário pela janela; testemunhou seu primeiro beijo; e acompanhou ainda a manhã em que “homens de uniforme cinzento chegaram à fábrica, rasgaram as cortinas e enfiaram as pessoas em carros negros”. O autor imagina ainda como a árvore passou anos esperando a menina, que nunca mais voltou. E como teria presenciado o retorno do pai, que reencontrou na fábrica os escritos de Anne.

A árvore morreu em 2010, atingida por um raio em meio a uma tempestade, no verão em que Anne teria completado 81 anos. Mas seu legado permanece vivo, como o da menina: suas sementes e mudas foram plantadas em lugares conhecidos por sua relação com a luta por liberdade e tolerância no mundo inteiro.

As belas ilustrações em sépia são de Peter McCarty.  Chega às livrarias em março pela Galera Junior.

Páginas: 40
Preço: R$ 39,90
Tradução: Luiz Antonio Aguiar
Editora: Galera Junior | Grupo Editorial Record

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *