fbpx
Monday, November 23, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Medo, ansiedade, mau humor, preocupação, indignação ou irritabilidade…

Todos esses são sintomas do estresse, um quadro de saúde que vem se tornando cada vez mais comum. Apesar de…

By Redação , in Brasil Mundo News & Trends São Paulo , at 04/05/2020

Todos esses são sintomas do estresse, um quadro de saúde que vem se tornando cada vez mais comum. Apesar de não ter um motivo específico para o mal, a correria que vivemos nos dias atuais pode ser a principal causa. A pandemia que estamos vivendo, com certeza, também.

Independente do motivo, a verdade é uma só: o estresse pode trazer muitas consequências para a nossa saúde.

Pele, unhas e cabelos podem ser afetados diretamente por conta do estresse. Ou seja: os efeitos desse sintoma podem provocar diversos malefícios à sua aparência. Isso ocorre devido ao aumento dos níveis de hormônios como o cortisol e a adrenalina, quando o organismo acaba passando por mudanças que podem ser notadas tanto na saúde quanto na aparência. 

Doenças que são desencadeadas ou agravadas pelo estresse e que podem se manifestar tanto na pele quanto cabelos e unhas são: Psoríase, dermatite seborréica, urticária, Herpes Simples, Herpes Zoster, disidrose, alopecias  (queda de cabelo), onicosquizia (comprometimento das unhas pelo fato de roer) e etc.

Segundo a dermatologista Dra. Natasha Crepaldi de Cuiabá / MT, A pele e o sistema nervoso tem a mesma origem embriológica e por conta dessa origem comum é bem frequente a manifestação conjunta nesses dois órgãos. O stress provoca a liberação de mediadores químicos, como a adrenalina, que nos faz reagir com mais eficiência em situações de perigo, isso é benéfico, mas tem desvantagens.

Algumas doenças crônicas como Psoríase, Vitiligo, Dermatite Atópica, Alergias, Dermatite de contato e Urticária crônica, entre outras podem piorar com stress intenso.

Além disso, a elevação do hormônio cortisol, pode desencadear ou piorar um quadro de acne, dermatite seborreica, rosácea, oleosidade e cravos.

O herpes simples e o herpes zoster são doenças de pele que surgem frequentemente nesses períodos. 

Olheiras, rugas, perda de viço e envelhecimento precoce são outras consequências da liberação de radicais livres decorrentes dos momentos estressantes.

E por fim, após alguns meses do pico de tensão, temos os quadros de queda de cabelo e unhas fracas, já que como os cabelos tem as células de maior reprodução do organismo, é uma das primeiras que o organismo poupa nessas situações de stress. O stress crônico também pode provocar uma aceleração na evolução dos cabelos brancos.

Segundo a dermatologista Dra. Ana Carolina Sumam do Rio de Janeiro, o estresse realmente é um fator desencadeante ou agravante de várias doenças. Por exemplo a psoríase, dermatite seborreica, disidrose (que é uma lesão comum que dá várias bolinhas nas mãos e nos pés), vitiligo, urticária, herpes simples, entre outras. Inclusive, recebi fotos de alguns pacientes que abriram quadro de herpes simples agora nesse momento que estamos vivendo. Então várias doenças pioram por causa do estresse. No cabelo, o acaba se manifestando na queda, sendo uma das causas mais comum na perda dos fios. Meu cabelo mesmo está caindo muito, creio que seja por causa da situação que estamos vivendo, eu já tenho um quadro de queda de cabelo devido ao estresse e nesse pouco tempo, já estou sentindo um aumento na perda. As unhas acabam sendo um pouco menos atingidas do que o cabelo e a pele,  mas são afetadas também.  Algumas doenças que são manifestadas ou afetadas pelo o estresse atingem as unhas, como a psoríase, por exemplo.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *