fbpx
Thursday, August 6, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


O coaching para superação de traumas

A palavra “trauma”, do ponto de vista semântico, vem do grego trauma (plural: traumatos, traumas), cujo significado é “ferida”. A…

By Redação , in News & Trends Saúde & Bem-estar , at 29/03/2016

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A palavra “trauma”, do ponto de vista semântico, vem do grego trauma (plural: traumatos, traumas), cujo significado é “ferida”. A terminologia trauma em medicina admite vários significados, todos eles ligados a acontecimentos não previstos e indesejáveis que, de forma mais ou menos violenta, atingem indivíduos neles envolvidos, produzindo-lhes alguma forma de lesão ou dano. Uma das definições adotadas se refere ao conjunto das perturbações causadas subitamente por um agente físico, de etiologia, natureza e extensão muito variadas, podendo estar situadas nos diferentes segmentos corpóreos. Independente de sua melhor definição, o fato é que o trauma é uma doença que representa um problema de saúde pública de grande magnitude e transcendência no Brasil, que tem provocado forte impacto na morbidade e na mortalidade da população.

Como podemos trabalhar essa situação, que nos acomete quando menos esperamos? Acontecimentos demasiadamente bruscos, que causam um impacto inevitável em nossas vidas.  E então fica a pergunta,  como viver com esse misto de sentimentos? Como encontrar o equilíbrio saudável para continuar depois que um trauma acontece em sua vida. Por muitos anos a psicologia só trabalhou e estudou o que nossa mente poderia processar sobre o que era ruim: stress,  esquizofrenia , medos , fobias. Estudos que encontraram respostas para nosso lado mais obscuro.

Por sorte na década de 90 um psicólogo começou a estudar e enfatizar sobre a psicologia positiva, e hoje é possível sim tratar nossas mais profundas dores, traumas de infância,  acidentes,  perdas de pessoas amadas,  abusos sexuais, agressões físicas e verbais.  Não importa a magnitude do trauma, esse vilão que assombra a vida de tantas pessoas.  Podemos sim através de melhores pensamentos e sentimentos virar o jogo, tratar e vencer nossos traumas mais profundos.

Com treinamento, ações repetidas por no mínimo 21 dias (tempo que precisamos para adquirir um hábito). Podemos com alegria, esperança e entusiasmo, baseados em estudos científicos, mudar essa situação  , transformar esses momentos de dor e sofrimento, em leveza e superação.

Segundo ele, o pai da psicologia positiva Martin Seligman:

“No mundo moderno, acredito que tenhamos chegado finalmente a uma era na qual terá cada vez mais êxito o pensamento criativo – sim, e até a alegria – do que o seguimento mecânico de ordens. Concluo que, se fosse possível, o bem-estar deveria ser ensinado nas escolas, porque ele seria um antídoto à incidência galopante da depressão, um modo de aumentar a satisfação com a vida e um auxílio a uma melhor aprendizagem e a um pensamento mais criativo”, escreve Seligman.

É preciso apoio de familiares e pessoas que amamos, para em primeiro lugar aceitar o fato de que temos um trauma, que ele está em nós em algum lugar de nossa mente. Só quando existe aceitação e vontade de mudar, podemos finalmente transformar trauma em uma vaga constatação de que passamos por algo ruim, e que isso acabou. Sim, já que os pensamentos ruins podem visitar nossas mentes, mas não morar nela.

Convido você a viver uma nova oportunidade,  uma chance de mudar tudo que está fazendo seus dias serem ruins. Pare de fazer o rascunho, e comece a escrever sua verdadeira história de vida.

Coaching para superação de traumas. 
Ana Garcez
Master Business Coach.
11 97739 7224
E-mail:  [email protected]

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *