fbpx
Friday, May 29, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


O Paulistano está mais regionalista do que nunca

Em meio à frenética São Paulo, os moradores desta cidade que nunca para, estão se cansando de tanto vai-e-vem. Por…

By Redação , in Brasil Educação e Comportamento The São Paulo Times , at 20/04/2014 Tags:, ,

Em meio à frenética São Paulo, os moradores desta cidade que nunca para, estão se cansando de tanto vai-e-vem. Por isso, está ocorrendo uma descentralização de comércio, entretenimento, escolas e de infra-estruturura em geral, para que o acesso a tudo que se precisa esteja mais perto de casa. É o que aponta pesquisa realizada pela Hibou, empresa de monitoramento de mercado, com mais de 500 entrevistados, entre 10 e 20 de março, que moram em São Paulo. “Após diversos levantamentos na cidade, percebemos que os moradores estão cada vez mais buscando opções de entretenimento nas suas regiões de moradia.” Explica Ligia Mello, sócia da Hibou e coordenadora da pesquisa.

A pesquisa revela que o paulistano nos últimos anos tem “dividido” a cidade em duas regiões: a região onde mora e a região onde trabalha. “Observamos que para se divertir ou fazer suas compras, os entrevistados querem realizar tudo nestas duas localizações, onde acabam se sentindo mais seguros e conseguem se deslocar mais facilmente” complementa Ligia Mello.

Entretenimento por região 

Desde decoração de natal até shows e serviços, o paulistano opta agora por programações em seu bairro de moradia. 73% dos entrevistados gostariam de mais atrações em locais públicos como praças e parques de seus bairros. Já 66% afirmam não participarem de atividades públicas em outras regiões da cidade que não sejam as suas, pois demandariam muito tempo de deslocamento. “Um exemplo que a maioria citou foi ocircuito deNatal  e os shows que acontecem no centro da cidade. Eles preferem algo maisno seu entorno e menos lotado” diz Lígia.

80% dos paulistanos entrevistados consideram a localização do evento como decisiva na escolha da programação do final de semana. Nesta localização engloba-se: 54% acesso, 67% segurança e 45% infra da região para comer e beber. “Além disso, o paulistano não gosta de sair sozinho, 66% preferem estar acompanhados de amigos ou da família (59%)” completa Ligia.

Eventos Sociais e Culturais

69% dos entrevistados gostariam de participar mais de atividades sociais da cidade, contribuindo para criação, produção, ou organização de eventos, como preparar uma agenda cultural ou social para sua região. Inclusive, 61% acreditam que uma agenda local em espaços públicos para eventos  sociais pode ser uma solução. Apenas 15% dos paulistanos disseram não se interessar pelo assunto.

Além dos eventos sociais e culturais, o paulistano acredita que ter wi-fi gratuito (44%) e barracas de comida e bebida ( 44%), atrativos tecnológicos (20%) e performances (24%), podem ampliar a duração destes eventos. A locomoção também foi citada. 57% consideram o uso do transporte público essencial para os eventos.

Sair ou não sair do Bairro?

78% dos entrevistados se sentem mais seguros nos seus bairros para eventos noturnos e aos finais de semana. Já 53% afirmam que pagam menos para comer fora em seus bairros de moradia do que em seus bairros de trabalho. Outros 66% buscam não sair de suas regiões aos finais de semana para compras nem para entretenimento como cinema, teatro ou show. “Quanto às compras, notamos que as lojas de bairro estão agradando mais. 48% de nossos entrevistados disseram que conseguem preços melhores nas lojas de ruas de seus bairros.”

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *