fbpx
Tuesday, October 27, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


O que é que não vai ter?

O que é que não vai ter? Tem muita gente dizendo por aí que não vai ter Copa. A Copa,…

By Redação , in Brasil Coluna , at 02/06/2014 Tags:,

ze

O que é que não vai ter?

Tem muita gente dizendo por aí que não vai ter Copa. A Copa, eu acho que vai ter sim. Mas como a abertura é bem no Dia dos Namorados, o que não vai ter é comemoração no motel. Se bem que ir para o motel em dia de jogo da seleção é como ir em qualquer outro dia. Você escuta até os gritos e gemidos do quarto ao lado:

– Vai! Vai! Isso. Mais rápido mais rápido. Agora, não para, não para. É goooooool!!!!!

E tem também outras semelhanças entre motel e a Copa. Se a menina estiver menstruada, temos um claro impedimento. Se o casal for homossexual masculino, será uma marcação homem a homem. Na suíte presidencial, certamente vai ter alguém na banheira. Em todos quartos, os homens vão tentar uma jogada pela linha de fundo – mas só alguns vão conseguir uma enfiada de bola. Mas tudo bem: o importante é não acabar no 5 contra 1. Afinal, o jogo pode até ser valendo, mas homem gosta mesmo é de um rachão.

Outra coisa que não vai ter é Mano Menezes. O Mano tem dois títulos brasileiros pelo Grêmio e pelo Corinthians: ambos na segundona. Ou seja: ele é uma espécie de Rubinho Barrichello dos técnicos. O Mano tem tudo a ver com o estádio do Corinthians: cheio de pose, imponente, mas não consegue fazer o Corinthians ganhar.

Também não vai ter Robinho. Quer dizer: ele tá no álbum de figurinhas, mas não está na Copa. Ainda bem que quem escala a seleção é o Felipão e não o cara da Panini. Quando o Robinho apareceu, muita gente falava que ele seria o novo Pelé. O que não está totalmente errado: o Robinho com a bola no pé é o mesmo que o Pelé com o microfone na boca.

Não vai ter Maradona, que já encheu o saco nas Copas tanto como jogador quanto como técnico. Lembro que na Copa de 94, o Zinho tinha o apelido de enceradeira. Bom, se o Zinho era a enceradeira, o Maradona com certeza era o aspirador.

E também não vai ter Zagallo. O que é uma ótima notícia, assim ninguém vai ter que engolir ninguém. Quer dizer, só lá no motel, no dia da abertura da Copa.

Não vai ter Africa do Sul. O que é uma pena, porque também não vai ter aquele tradutor picareta de linguagem de surdo-mudo. Lembra no enterro do Mandela? O Obama prestando suas homenagens e o tradutor traduzindo nos sinais: “Antes ele do que eu”, “Viva Fidel”, “I love Edward Snowden”.

E, finalmente, não vai ter aeroporto pronto, estrada construída, nem metrô até o estádio. Mas vamos parar de frescura, que isso é coisa de babaca.

__________________________________________________________________________________________________________

José Luiz Martins. Humorista, publicitário e roteirista. Sócio da empresa Pé da Letra, de criação e produção de conteúdo. © 2014.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *