fbpx
Thursday, September 24, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Pais devem ter autorização para enviar filhos menores aos EUA

Jovem brasileira está há 15 dias na imigração americana. Advogada de imigração explica como proceder em casos como este Uma…

By Redação , in Brasil Mundo News & Trends , at 26/08/2016 Tags:, , ,

Jovem brasileira está há 15 dias na imigração americana. Advogada de imigração explica como proceder em casos como este

Uma adolescente brasileira está há 15 dias detida na imigração americana. A jovem que iria visitar a tia sem os pais, tentou entrar nos Estados Unidos desacompanhada e foi barrada pela imigração americana. Além de visitar os parentes, a adolescente iria tentar cursar o último ano do ensino médio na Flórida, de acordo com as infromações divulgadas. Ela foi encaminhada para um abrigo de menores em Chicago, nos Estados Unidos.

Segundo a advogada de imigração, Ingrid Baracchini, para um menor de idade viajar para os Estados Unidos é preciso ter, além do visto, autorização legal dos responsáveis. “Um menor de idade que viaja sozinho, sem uma decisão judicial autorizando o envio, torna ilegal sua entrada no país”, comenta Ingrid.

Ainda segundo a advogada, o que pode ter causado a negativa da entrada da jovem, neste caso, foi o objetivo de estudar em escola americana. “Ficou claro que a intenção era de estudar em uma escola pública para terminar o colegial, isso não é autorizado por lei, pois ela possuía um visto de turismo o que não autoriza estudar nos Estados Unidos”, completa Ingrid.

A prisão da jovem no país, de acordo cinda com a advogada, é legal, pois segundo as leis americanas, a adolescente cometeu uma fraude. “A jovem teve que passar pela corte e como o processo não é automático, ela ficará presa até a audiência”, afirma a especialista.

Para quem quer entrar nos Estados Unidos de forma legal, a advogada Ingrid afirma que a dica é viajar com o visto correto e ter em mente que não é possível estudar sem custear a escola, ou seja, gratuitamente. “Não é possível deixar um menor sem o acompanhamento de um adulto responsável no exterior. Nesse caso, deve-se passar a guarda para um responsável mesmo que provisoriamente”, orienta Ingrid.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *