fbpx
Monday, August 3, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Pirulito eletrônico simula qualquer sabor usando eletrodos

Cientistas de Cingapura desenvolveram um método para a recriação dos sabores: doce, salgado, azedo e amargo, usando apenas eletricidade e…

By Redação , in Tecnologia e Ciência , at 13/12/2013

Cientistas de Cingapura desenvolveram um método para a recriação dos sabores: doce, salgado, azedo e amargo, usando apenas eletricidade e controles de temperatura. A tecnologia, que ainda está em fase inicial, tem uma infinidade de aplicações. Segundo eles, algumas delas seriam para jogos de videogame e para compras online.

Os pesquisadores já pensam em desenvolver um pirulito elétrico que através de um choque produza o sabor desejado, como, por exemplo, o de uma espiga de milho ou de um chocolate amargo. “Para os jogos, pode funcionar como um novo sistema de recompensa, baseado em sensações e paladares”, disse a chefe da equipe, Nimesha Ranasinghe, da Universidade Nacional de Cingapura, para a New Scientist. “Se você completar uma tarefa com sucesso no jogo, ou passar de fase, podemos dar um doce ou mentolado. Se não, podemos entregar um azedo ou amargo”, exemplifica.

O uso do equipamento pode ir além. Quem faz compras de produtos via online pode provar o sabor dos alimentos antes de encomendá-los. Pessoas com diabetes podem sentir o gosto do açúcar sem prejudicarem sua saúde. Pacientes de quimioterapia que perderam o paladar podem provar uma dose de purê de batatas com molho.

Um psicólogo de Sydney (Austrália), que recentemente, publicou artigo sobre os efeitos neurológicos potencialmente devastadores do alto consumo de açúcar, declarou à New Scientist, que tal dispositivo poderia reduzir o número de viciados em doces. É importante dizer que o aparelho não é portátil e nem parecido com o pirulito comum.

Correntes elétricas minúsculas realizadas através de uma peça de prata rapidamente estimulam a língua com zaps variados. Enquanto isso, os semicondutores elevam a temperatura do equipamento rapidamente. O efeito é parecido com o que acontece naturalmente. É possível distinguir os sabores graças a minúsculos receptores na língua que registram suas menores variações. Assim se percebe a diferença entre eles e se torna possível identificá-los.

(c) 2013, IBTimes

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *