fbpx
Saturday, July 11, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Plástica no verão pode? Cirurgião responde

Diz a lenda que a melhor época para fazer cirurgia plástica é no inverno. Porém, nenhum período do ano é…

By Redação , in Educação e Comportamento Saúde & Bem-estar , at 23/10/2014

Diz a lenda que a melhor época para fazer cirurgia plástica é no inverno. Porém, nenhum período do ano é um problema quando se tomam os devidos cuidados. E com um clima tão adverso que temos nos últimos anos, calor no inverno e frio no verão, Dr. Marco Cassol, cirurgião plástico da capital paulista, explica que a melhor época para realizar um procedimento cirúrgico é quando o paciente sente a necessidade.

mulher

A maioria dos pacientes acha que julho (durante as férias de inverno no colégio das crianças) é a época ideal para realizar procedimentos cirúrgicos, principalmente, as cirurgias voltadas para a estética do corpo, pelo fato de não correrem riscos de tomar sol nas cicatrizes e também, porque o tempo mais frio ajuda a reduzir os edemas e é mais confortável para o uso de malhas modeladoras.

Entretanto, o cirurgião plástico Dr. Marco Cassol explica que “o maior inimigo de qualquer pós-operatório é o sol direto sobre a cicatriz e opaciente não deve expor-se diretamente ao sol por cerca de 3 semanas, pois os raios solares podem fazer com que as cicatrizes escureçam”, alerta. “Se os resultados da cirurgia fossem dependentes do clima, não teríamos excelentes cirurgiões em locais de clima quente o ano todo como Salvador, por exemplo.

Se o intuito é viajar no verão, podem ir tranquilos, mas sem esquecer as precauções. “As recomendações principais são: sempre cobrir a cicatriz, usar protetor solar de 1 em 1 h na pele da região operada, se exposição solar intensa, e evitar o sol das 9hrs às 17hrs. Além disso éimportante que o paciente tenha em mente que ele não pode abusar, como por exemplo, entrar na piscina com cloro ou no mar e evitar esforços físicos. Afinal, para um bom resultado, é válido alguns esforços e cuidados extras”, recomenda Cassol.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *